Cocaína, tablete de maconha, motos e três rapazes capturados no Américo Silva

Cocaína, tablete de maconha, motos e três rapazes capturados no Américo Silva

Após uma denuncia anônima de tráfico de drogas, a Polícia Militar e a Guarda Civil Municipal conseguiram chegar até um ponto de venda de drogas localizado atrás de uma fábrica de remédios localizada no final do Bairro Américo Silva, na cidade de Lagoa da Prata. A operação aconteceu na tarde dessa quarta-feira (30), por volta das 15h.

No local a guarnição policial, comandada pelo Sargento Edson Pereira, encontrou três rapazes que estavam em uma árvore mangueira e duas motocicletas estacionadas. Ao ser realizada uma busca nas proximidades os policiais encontraram, escondidos dentro de um pote usado para armazenar sorvete, cinco saquinhos de “chup-chup” contendo diversos pacotes de cocaína e um tablete de maconha. Com os elementos a PM encontrou quatro celulares e dinheiro.

Após abordagem e apreensão dos produtos, a polícia se deslocou para a residência de dois dos suspeitos onde foi encontrada uma pequena porção de maconha no quarto de um deles e uma bicicleta sem nota fiscal na casa do outro. A bicicleta também foi apreendida. A equipe do Portal TV Cidade acompanhou toda a operação e na casa de um dos elementos uma moça se apresentou como sendo namorada de um deles. Ela disse ser dona de uma das motos apreendidas, uma Biz, de cor amarela. Os policiais orientaram a moça como proceder.

Os policias informaram que dois dos indivíduos tem passagens pela polícia por envolvimento no tráfico de drogas e assalto a mão armada. O terceiro teve passagem pela polícia quando ainda era menor de idade e agora, como já completou 18 anos, terá a primeira passagem registrada como maior de idade.

O Sargento Edson Pereira disse que a droga apreendida, se tivesse sido vendida, poderia render um valor alto para o tráfico de drogas. “Aproximadamente, pois a gente não tem como precisar, o valor da droga pode chegar próximo dos R$35 mil reais”, disse Pereira.

O sargento disse que pela quantidade de drogas encontradas no local é provável que os elementos também estavam armados, mas mesmo com a varredura feita pela PM e GCM, nenhuma arma foi localizada. Pereira disse que o local é usado como ponto de venda de drogas e considerado perigoso pelos moradores das proximidades. “É um lugar ermo. Pessoas tem medo chegar e testemunhar algo. A Guarda Civil Municipal, na qualidade dos GM´s Junior, André e Uilian, nos acompanhou, ajudou na varredura e as drogas foram encontradas. Não encontramos arma, mas sabemos que traficantes não ficam em ponto de venda com tamanha quantidade de drogas sem estarem armados. Mas infelizmente, pelo menos até o momento, não conseguimos localizar”, completou Pereira.

Netwise

A operação contou com o apoio de duas viaturas da PM, uma viatura da GCM e a denuncia da população.

Os elementos, após o registro do boletim de ocorrência no quartel da PM, foram levados para a Delegacia de Polícia Civil de Lagoa da Prata.

 

Adriano Santos – Portal TV Cidade, Lagoa da Prata.

► DEIXE ABAIXO SEU COMENTÁRIO ◄