fbpx

Plano Municipal de Promoção da Igualdade Racial é aprovado em Bom Despacho

O Plano visa garantir a execução de políticas públicas de integração e garantias de direitos às pessoas historicamente discriminadas por conta da cor da pele.

A Câmara Municipal de Bom Despacho aprovou o Plano Municipal de Promoção da Igualdade Racial, de autoria do Executivo. O Plano visa garantir a execução de políticas públicas de integração e garantias de direitos às pessoas historicamente discriminadas por conta da cor da pele.

Com a aprovação, as políticas de promoção de Igualdade Racial deverão ser implantadas de forma efetiva em todos os setores da Administração Pública. A execução do Plano será gerida pela Coordenadoria de Igualdade Racial e será acompanhada e fiscalizada pelo Conselho de Igualdade Racial.

“O Plano surgiu através de muita luta pelo resgate cultural, saber tradicional e a sobrevivência do povo negro. Trata-se de um trabalho voltado para a implantação de ações, e demonstra a valorização da gestão em fazer um plano de inclusão social para a população”, afirma a coordenadora de Igualdade Racial, Maria das Graças Epifânio.

O coordenador estadual de Promoção Estadual de Igualdade Racial, Clever Machado, enfatiza a importância dessa conquista para as populações negras do Município. “O Plano Municipal de Promoção da Igualdade Racial de Bom Despacho é um ganho político para a população, pois vai garantir que a pauta e o público alvo dessa política tenha acesso as políticas públicas específicas para garantia dos direitos da população negra, índigenas, Quilombolas e ciganas”, afirmou Clever.

A secretária de Cultura e Turismo, Rosimaire, também comemora a aprovação. “O Plano foi construído com a participação da gestão, seguimentos e Conselho Municipal de Igualdade Racial e representa um grande avanço na luta do movimento negro da cidade. O Poder Municipal, com a apresentação deste plano materializa a importância de ações positivas para a promoção da igualdade racial no município de Bom Despacho, uma vez que restituem igualdade de oportunidades entre os grupos raciais com a promoção de tratamento diferenciado aos povos que historicamente foram marginalizados”, afirmou Rosimaire.

 

► DEIXE ABAIXO SEU COMENTÁRIO ◄