fbpx

Pará de Minas – Obras de artistas brasileiros são expostas em casa

Placas com trechos de obras estão expostas no muro da residência. Em 2015, o homenageado será Chico Buarque

 

 

Uma casa na Rua Alameda das Mangabeiras, em Pará de Minas, tem chamado a atenção de quem passa pelo local. No muro da residência, estão expostas placas com trechos de obras de escritores e artistas brasileiros.

De acordo com João André Peixoto, dono da residência, a ideia surgiu após um bate-papo com o irmão. “Estávamos falando de poesia e era o centenário de Carlos Drummond de Andrade. Tivemos a ideia de realizar uma homenagem e olhamos para o muro, surgindo a ideia de colocar uma placa no muro”, explicou.

No muro é possível encontrar trechos de obras de Carlos Drummond de Andrade, Adélia Prado, Mário Quintana, entre outros. Mas João afirma que escolher cada um deles não foi uma tarefa fácil. “A gente pesquisa muito durante um ano. O que cada um vez é pesquisado”, revelou.

Uma vez por ano a família instala uma placa nova. O projeto começou em 2002. De lá pra cá, a Alameda das Mangabeiras recebeu centenas de visitantes. Alguns deles bem especiais. “Em 2004, Adélia Prado esteve aqui e trouxe a família dela. Dois sobrinhos de Mário Quintana também estiveram na residência. A viúva de Gonzaguinha também acompanhou uma das homenagens que fizemos”, explicou comerciante Fernando Souza Peixoto.

Mas poesia não está apenas nos versos. Tem gente que usa outro talento pra encontrar a arte: como o Tostão, o poeta da bola; Oscar Niemeyer, o poeta da forma; e Cândido Portinari, o poeta da cor. Quem passa pelo local, sempre dá uma espiadinha.

[pull_quote_left]É um trabalho muito bonito e rico. É um incentivo para todos[/pull_quote_left]

A escritora Terezinha Pereira conta que se encanta com as homenagens. “É um trabalho muito bonito e rico. É um incentivo para todos”, afirmou.

E se depender dos irmãos, o muro ainda vai continuar por anos. “A sorte é que o muro é grande. Iremos fazer muitas placas. Em 2015, o homenageado será Chico Buarque”, afirmou Fernando.

 

Fonte: G1

 

► DEIXE ABAIXO SEU COMENTÁRIO ◄