Onda do "detox" chega às unhas

Onda do “detox” chega às unhas

Manter as unhas impecáveis é um dos vários rituais de beleza a que as mulheres se entregam. Retirar as cutículas, cortar as unhas, lixar e pintar fazem parte do passo a passo básico –muitas vezes semanal– da manicure. A novidade agora é o “detox” para as unhas, processo que consiste em retirar as impurezas químicas deixadas pelo uso excessivo de esmaltes, cola para unhas postiças, adesivos e tantos outros acessórios que existem no mercado para decorar as mãos. A manicure Regiane Machado, do salão Square Hair & Care, em São Paulo, explica que o procedimento é necessário quando as unhas estão quebradiças, descamando e com cutículas muito ressecadas. “É aconselhável fazer, pelo menos de 15 em 15 dias, um ‘detox’ caseiro simples, tirando o esmalte, esfoliando e hidratando com produtos específicos. E, para resultados mais profundos, faça o procedimento no salão, que é à base de parafina fria”.

[pull_quote_left]O uso ininterrupto de esmalte causa ressecamento e enfraquecimento, por isso deve haver um descanso entre uma esmaltação e outra[/pull_quote_left]

Para celebridades, como Miley Cirus, Katy Perry, Rihanna e Beyoncé, que são adeptas do uso excessivo de processos químicos –como as unhas de porcelana ou de gel– manter as unhas saudáveis é um grande desafio. A famosa dica de “deixar as unhas respirarem” é real. “O ideal é deixar as unhas sem esmalte uma semana por mês, no mínimo”, explica a dermatologista Carolina Marçon, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia. Estes dias longe do esmalte, da acetona, do alicate e da lixa ajudam na recuperação, devolvem o brilho e impedem que as unhas fiquem frágeis e quebradiças. “O uso ininterrupto de esmalte causa ressecamento e enfraquecimento, por isso deve haver um descanso entre uma esmaltação e outra”, completa a médica.

Netwise

 

Fonte: UOL Mulher

► DEIXE ABAIXO SEU COMENTÁRIO ◄