Novos protocolos para comércio no mês de dezembro são deliberados pelo Comitê da Covid-19

Novos protocolos para comércio no mês de dezembro são deliberados pelo Comitê da Covid-19

Classificação no plano se mantém e Comitê Extraordinário Covid-19 divulga registros da doença em Minas Gerais aumenta.

A macrorregião oeste permanece na Onda Amarela do Plano Minas Consciente, conforme atualização divulgada na quarta-feira (9). Na última semana, a macrorregião também entrou para a Onda Amarela. Na quarta-feira(9), o Comitê Extraordinário Covid-19 determinou novos protocolos para o comércio neste mês de dezembro.

As determinações contemplam as macrorregiões: Centro, Centro-Sul, Oeste e Sul; as macrorregiões Vale do Aço, Sudeste, Leste do Sul, Nordeste, Jequitinhonha e Leste estão na fase mais restritiva, a Vermelha. Norte, Triângulo do Norte e Triângulo do Sul estão na Onda Verde. Todas estão classificadas na Onda Amarela do Plano Minas Consciente.

Saiba quais são os novos protocolos

Netwise

Um grupo técnico, sugeriu que o comércio varejista e atacadista, atualmente permitido na onda amarela, poderá funcionar em onda vermelha. No entanto, o gestor municipal deve incluir medidas adicionais. Entre os critérios de segurança estão o aumento de fiscalização sobre o uso de máscara, limite de 1 cliente/consumidor para cada 10 metros quadrados e restrição do horário de funcionamento de bares e restaurantes até as 22h, com proibição do consumo em pé.

Os novos protocolos foram divulgados na quarta-feira (9). Foto: Governo de Minas/Divulgação

O que funciona na onda amarela

  • Bares (consumo no local);
  • Autoescolas e cursos de pilotagem;
  • Salões de beleza e atividades de estética;
  • Comércio de eletrodomésticos e equipamentos de áudio e vídeo;
  • Papelarias, lojas de livros, discos e revistas;
  • Lojas de roupas, bijuterias, joias, calçados, e artigos de viagem;
  • Comércio de itens de cama, mesa e banho;
  • Lojas de móveis e lustres;
  • Imobiliárias;
  • Lojas de departamento e duty free;
  • Lojas de brinquedos;
  • Academias (com restrições);
  • Agências de viagem;
  • Clubes.

Aumento de casos no estado

Houve um aumento na taxa de incidência do vírus no estado mineiro. Conforme divulgado pelo Governo Estadual, a taxa teve uma alta de 39%. Nesta semana, o governador Romeu Zema (Novo),  alertou para os cuidados de distanciamento e higienização.

 

 

► DEIXE ABAIXO SEU COMENTÁRIO ◄