Novo decreto torna obrigatório uso de máscaras em Lagoa da Prata

Novo decreto torna obrigatório uso de máscaras em Lagoa da Prata

O novo decreto torna o uso obrigatório das máscaras para a população e também para funcionários de estabelecimentos e serviços para o público.

A partir desta terça-feira (19), a prefeitura de Lagoa da Prata instituirá um novo decreto, que torna obrigatório a utilização de máscaras para a população e também para para servidores públicos, privados e colaboradores que atendem ao público no município. Também devem ser adotadas outras medidas de prevenção contra a pandemia da Covid-19.

Além de instituir o uso do acessório, o documento também destaca que os estabelecimentos não devem permitir a entrada de pessoas sem máscaras nos locais de trabalho da empresa, pois serão fiscalizados e, caso haja o descumprimento, o estabelecimento será notificado. Em caso de reincidência, o estabelecimento terá as atividades interrompidas imediatamente e também terá o alvará cassado.

A população, assim como os comerciantes locais, devem seguir as regras do decreto para circular pela cidade em todos os espaços públicos como praças e calçadas. E também quando utilizarem transportes coletivos, transportes individuais , estabelecimentos comerciais, industriais e prestadores de serviços.

Flexibilização do comércio

O Decreto nº 088/2020 publicado em 17 de março, considerava o baixo índice de pacientes contaminados na cidade e também a capacidade dos hospitais em atender a população caso precise. Também instituía condições para os estabelecimentos funcionarem sem que houvesse a contaminação de funcionários e clientes, entretanto, após um mês após o retorno das atividades de forma gradativa dos comércios e atividades religiosas, a cidade dobrou o número de casos e até o momento possui 36 casos confirmados por Covid-19.

Embora na região Centro-Oeste MG tenha sido divulgado mais dois novos casos na tarde de terça-feira (19), um em cada cidade, Arcos e Formiga, o município lagopratense é o que mais tem casos confirmados até o momento. O novo decreto será valido enquanto durar o estado de calamidade pública no estado de Minas Gerais.

Leia na íntegra o novo Decreto 099/2020

 

► DEIXE ABAIXO SEU COMENTÁRIO ◄