Mulher se recupera da Covid-19 e reencontra familiares de Lagoa da Prata após dez anos

Mulher se recupera da Covid-19 e reencontra familiares de Lagoa da Prata após dez anos

 Além de reencontrar a família, Carla também se recuperou da Covid-19 e, nesta segunda-feira(22), familiares iriam buscá-la no hospital.

Carla Vieira Silva, que estava vivendo em situação de rua no Rio de Janeiro, procurou por um hospital da cidade no dia 15 de maio, após contrair o novo coronavírus. Dependente de crack, a lagopratense, viu na internação a oportunidade de se curar também do vício e reencontrar sua família.

Carla estava há mais de 10 anos sem ter notícias de sua família e vivendo nas ruas cariocas. A equipe médica conseguiu localizar a família de Carla, que reside em Lagoa da Prata.

Funcionários do Hospital Municipal Ronaldo Gazzola foram atrás da história de Carla, epe encontraram nas crises de abstinência daqda paciente, a motivação para não deixá-la desistir. Uma equipe multidisciplinar trabalhou para mantê-la no hospital e convencê-la a dar continuidade ao tratamento. Durante sua estadia no hospital, ela descobriu um novo hobby nos desenhos e afirmou que este é seu novo vício.

Após ter conversado várias vezes com seus familiares, ela se sentiu motivada a persistir no tratamento. À reportagem do G1 portal de notícias da Rede Globo, Carla afirmou que o contato virtual com a família fez com que ela tivesse mais vontade de viver de novo. Além de reencontrar a família, ela também se recuperou da Covid-19 e nesta segunda-feira(22) familiares iriam buscá-la no hospital.

O que diz a família

Luis Francisco Jesus, tio de Carla, contou à redação do Jornal Cidade como ela foi parar nas ruas cariocas. Segundo ele, ela entrou nesta situação quando foi morar no Rio de Janeiro para acompanhar a mãe de Luis que estava com câncer. Carla acabou se viciando em álcool e drogas, vícios que fizeram com que ela abandonasse a casa dos familiares para morar nas ruas.

A família está comemorando o reencontro. Carla retornará nesta segunda-feira (22) à Lagoa da Prata após ficar internada por 30 dias.

► DEIXE ABAIXO SEU COMENTÁRIO ◄