Moema completa 62 anos

Moema completa 62 anos

O município de Moema completou 62 anos no dia 12 de dezembro. Devido às dificuldades orçamentárias que prejudicaram muitos municípios mineiros, dentre eles Moema, a Administração Municipal decidiu não realizar uma festa comemorativa, mas concentrou os esforços em entregar obras e serviços à população.

O prefeito Julvan Lacerda comemorou a data e agradeceu o empenho dos servidores municipais. “Apesar da crise imposta aos municípios, em especial aos pequenos que dependem diretamente dos repasses interfederativos, nosso município continua seus investimentos, com diversas obras e ampliação dos serviços prestados, honrando nossos compromissos com fornecedores e ainda valorizando o servidor com os pagamentos criteriosamente em dia. Quero aqui expressar minha gratidão a toda nossa equipe, que trabalha pela construção de uma cidade melhor e a todo cidadão moemense que faz desta terra um lugar tão doce de se viver. Parabéns, Moema. Parabéns, moemenses”, destacou o prefeito.

De acordo com Lacerda, foram entregues obras e serviços nas áreas social, educacional, de segurança e saúde. “Renovamos o nosso compromisso de continuar administrando com transparência, honestidade, dedicação e, mais do que fazer, é fazer bem feito, com responsabilidade na lida com a coisa pública”, concluiu.

HISTÓRIA

As primeiras povoações da região que hoje compõe o município foram provavelmente de “Negros Forros”, fugindo do imposto da Capitação. A sesmaria do Ribeirão de Santo Antônio foi a primeira demarcação oficial de terras na região, feita em 16 de julho de 1767. O povoado do “Doce”, que posteriormente formaria o município de Moema, tem em suas origens dois personagens principais: Manoel da Costa Gontijo e Pedro Ferreira da Silva, que foram os dois primeiros brancos a fixar residência no povoado. A existência de negros vivendo no povoado anteriormente à chegada desses dois senhores brancos é provável, mas não existem registros históricos a respeito.

A partir daí, foram aparecendo novos moradores, pessoas entusiasmadas com a terra fértil e pastagens perenes. O povoado instalado em terras doadas por Pedro Ferreira da Silva e Antônio Dionísio Ferreira teve seu primeiro nome “Largo de São Pedro”, originado de uma capela em devoção a São Pedro. Anos mais tarde, em virtude de uma viatura carregada de rapadura ter caído no córrego que atravessava o povoado, o curso d´água passou a ser conhecido como Córrego Doce, passando o povoado a ser conhecido como “Doce”. O distrito foi criado com a denominação de Moema (ex-povoado de Doce), pela Lei Estadual nº 843, de 07 de setembro de 1923, subordinado ao município de Bom Despacho, sendo elevado à categoria de município 12 de dezembro de 1953.

► DEIXE ABAIXO SEU COMENTÁRIO ◄