Menino de quatro anos se afoga em piscina de sítio em Arcos

Menino de quatro anos se afoga em piscina de sítio em Arcos

O Samu foi acionado e, ao chegarem no local, socorreram a criança, que foi logo levada para o Hospital São José em Arcos.

Um menino de quatro anos de idade se afogou na piscina de um sítio, na zona rural de Arcos neste sábado (9).

A família da criança não viu quando o menino se afogou e acionou o Samu, quando percebeu que havia ocorrido o incidente.

O Samu foi acionado e, ao chegarem no local, socorreram a criança, que foi logo levada para o Hospital São José em Arcos.

A equipe de atendimento disse que o menino apresentava vômitos, no entanto, estava consciente.

Netwise

Nesta sexta-feira (8), o Governo de Minas alertou sobre o que deve ser feito quando alguém estiver se afogamento.

“Caso a pessoa não tenha capacitação para realizar um salvamento, a orientação é que jamais o faça. No máximo ofereça um objeto flutuante para que a vítima possa se apoiar. Ao presenciar um afogamento, ligue, imediatamente para o 193”, disse o Estado.

Confira as principais dicas de segurança em programas aquáticos:

  • Nunca nade sozinho;
  • Crianças só devem nadar sob supervisão de um adulto;
  • Não entre na água após ingerir bebidas alcoólicas, pois o álcool afeta os sentidos dos banhistas;
  • Não entre na água em locais que você não conheça. Antes disso, descubra características do local, como profundidade e força da correnteza;
  • Nunca ultrapasse faixas e placas de avisos de perigo. Sempre fique atento à sinalização de segurança do local;
  • Não entre na água após refeições pesadas por causa do risco de cãibras;
  • Não salte de locais elevados para dentro da água e nem mergulhe de cabeça, pois a água pode esconder tocos de madeira, pedras e objetos pontiagudos;
  • Evite brincadeiras de mau gosto, como: “caldos”, “trotes” ou “saltos”;
  • Não se afaste da margem;
  • Se começar a chover e relampejar, saia da água;
  • Nunca nade perto de embarcações, por causa do risco de ser atingindo por elas;
  • Em caso de afogamento, acione imediatamente o Corpo de Bombeiros Militar (193);
  • Sempre procure nadar em locais onde há a presença do Corpo de Bombeiros Militar ou guarda-vidas.

► DEIXE ABAIXO SEU COMENTÁRIO ◄