fbpx

Manifestantes pedem instauração de processo para cassar mandato do presidente da Câmara

JAPARAÍBA – Os vereadores de Japaraíba receberam na sessão ordinária da última segunda-feira (20) uma denúncia formal, assinada por 15 cidadãos, pedindo a instauração de uma comissão processante contra o presidente da casa, Samuel Mariano da Silva e a declaração da perda de mandato dele. Os manifestantes reclamam que ele autorizou a realização de um processo seletivo para a contratação de cinco funcionários e não deu a devida publicidade ao processo. Somente cinco pessoas se inscreveram e foram aprovadas.

De acordo com uma manifestante, a sessão aconteceu de forma tranqüila. Foi feita a leitura da denúncia e em seguida foi colocado em votação o recebimento ou não das solicitações. Cinco vereadores votaram favoráveis ao acolhimento da denúncia (Claiton Oliveira, Celio Batista de Sousa, Artur Teixeira Rabelo, Nilvan Teodoro e Cláudio Andrade). Três votaram contra (Celi Veloso, Rosilaine Urias e Lourival Lúcio).

“A população demonstrou satisfação com a instauração da CPI para que seja apurado se houve quebra do decoro parlamentar. Se a comissão concluir pela culpa do presidente, aí sim, será votada a cassação. A população não tem nada contra as pessoas que foram admitidas no processo seletivo. Todos os selecionados são pessoas muito competentes e queridas pela comunidade. O problema está na quebra da confiança do vereador Samuel Mariano, que ficou suspeito de fazer um processo seletivo duvidoso, sem obediência aos princípios que norteiam o administração pública”, informou a manifestante.

Confira abaixo a denúncia na íntegra:

 

Conteúdo exclusivo do portal TV Cidade Lagoa da Prata. A reprodução total ou parcial está expressamente proibida sem a autorização por escrito da produtora, conforme determina a Lei de Direitos Autorais (Lei 9.610), estando o infrator sujeitos às penalidades impostas pela legislação. É permitida somente a divulgação do teor integral por meio de compartilhamento nas redes sociais.

► DEIXE ABAIXO SEU COMENTÁRIO ◄