Leitos de UTI para covid-19 se esgotaram em Lagoa da Prata na manhã desta quarta-feira (10)

Leitos de UTI para covid-19 se esgotaram em Lagoa da Prata na manhã desta quarta-feira (10)

A cidade teve um aumento exponencial nos indicadores da doença nas últimas semanas e na manhã desta terça-feira (10), já havia 2 pacientes a espera por leitos na cidade, tendo durante a tarde passado para 3 pacientes, conforme divulgado pela Prefeitura. Os pacientes estão em leitos adaptados e isolados à espera de vagas ou transferências.

Karine Pires

Os leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para covid-19 se esgotaram no Hospital São Carlos em Lagoa da Prata. Conforme divulgado pela diretora técnica do Hospital São Carlos, Isabela Antunes,  na manhã desta quarta-feira (10), todos os 15 leitos destinados para a doença estavam lotados no hospital. A direção do hospital também informou à redação do JC que na parte da manhã tanto a clínica para covid-19 como a UTI com leitos para pacientes contaminados pela doença, estavam com taxa de 100% de ocupação.

Conforme divulgado pela Prefeitura Municipal, houve um acréscimo no número de pacientes em espera por leitos durante o dia, agora são 3 pacientes em leitos adaptados e isolados à espera de vagas e/ou transferências. A taxa de ocupação de leitos em UTI para covid-19, havia atingido a marca de 90% na terça-feira (9) no município, conforme o boletim epidemiológico da prefeitura.

Nesta quarta (10), pela manhã, o hospital divulgou o boletim epidemiológico em suas redes sociais e ressaltou a importância da população se cuidar quanto ao coronavírus. É importante lembrar que o hospital informa em seu boletim a situação dos pacientes não só residentes em Lagoa da Prata, como também, de pacientes de cidades vizinhas. Já no boletim da Prefeitura, os indicadores são contabilizados com relação à pacientes que residem na cidade.

Foto: Reprodução/Hospital São Carlos

 

A redação do JC solicitou ao HSC uma atualização da situação dos leitos para covid-19 neste momento, visto que, os leitos estavam 100% ocupados na parte da manhã. Até o fechamento desta matéria, não recebemos e quando as informações forem divulgadas a matéria será atualizada.

Situação do município

O boletim epidemiológico aponta que 120% dos leitos de enfermaria estão ocupados na cidade. Na manhã desta quarta-feira (10) a diretora técnica do Hospital São Carlos confirmou que “Hoje temos 15 leitos de covid-19 e no momento os 15 estão lotados. Além disso temos dois pacientes no primeiro andar recebendo tratamento, mas ainda necessitam de transferência”, informou. Além do aumento nas internações e falta de leitos, mais um óbito foi confirmado, totalizando 41 mortes por coronavírus e nas últimas 24 horas, foram confirmados 34 casos no município”.

Na última sexta-feira (5), dia em que Lagoa da Prata chegou a marca de 905 casos confirmados de coronavírus em 2021, o prefeito Di-Gianne Nunes, a secretária de Saúde, Margarete Borges, e o secretário de Desenvolvimento, Rogério Corgosinho, informaram a situação da cidade em relação à covid-19 por meio de um vídeo publicado nas páginas da Prefeitura nas redes sociais.

Netwise

No vídeo, ele explicou sobre a Onda Roxa, fase mais restritiva imposta pelo governador Romeu Zema para cidades com altos índices de coronavírus, sobre medidas mais rígidas que outras cidades da região Centro-Oeste MG tomaram devido ao aumento dos indicadores da covid-19 e falou que “ainda não estamos nessa fase e o que queremos é não chegar nela”.

 

► DEIXE ABAIXO SEU COMENTÁRIO ◄