fbpx

Legislativo de Formiga aprova criação de banco de leite materno

O objetivo é reduzir a mortalidade infantil e estabelecer condições para a criação de um grupo permanente de nutrizes.

O Legislativo de Formiga aprovou a criação do banco de leite materno  na sessão de segunda-feira (4). A proposta do vereador Flávio Martins (DEM) vai a sanção ou veto do prefeito.

O Projeto de Lei 180/2021 determina que Secretaria de Saúde estabeleça normas de funcionamento do Banco de Leite, crie formas de conscientização da comunidade sobre a relevância do serviço e determine critérios a serem utilizados para a seleção das nutrizes.

O fornecimento do leite será feito sob prescrição médica para auxiliar bebês prematuros desnutridos e lactantes com patologias que exijam o aleitamento natural. O objetivo é reduzir a mortalidade infantil e estabelecer condições para a criação de um grupo permanente de nutrizes.

Na justificativa do documento, o vereador expõe que “o desmame precoce pode levar à ruptura do desenvolvimento motor-oral adequado, provocando alterações na postura e força dos órgãos fonoarticulatórios e prejudicando as funções de deglutição, respiração e articulação dos sons e da fala”.

► DEIXE ABAIXO SEU COMENTÁRIO ◄