fbpx

Lava e Leva promete mais economia

Foto: Divulgação/Internet

Uma pesquisa realizada recentemente pela Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (SABESP) mostrou que quase 20% do valor da conta de água mensal é referente a lavagem de roupas em domicílio. Em uma casa com até quatro pessoas residentes, a quantia utilizada mensalmente é de 5.400 litros de água, enquanto em lavanderias o número cai para menos da metade: somente 2.160 litros de água são utilizados para a realização da lavagem.

Fernando Martins é diretor da rede de franquias Lava e Leva. Ele confirma que a escolha pela utilização dos serviços prestados por uma lavanderia leva a uma economia de três mil litros de água, e o resultado positivo alcança também os benefícios para o meio ambiente: “O diferencial está no modo de trabalho em que as lavanderias contribuem para a preservação do meio-ambiente. Em uma lavanderia, as máquinas estão sempre cheias e o número de roupas lavadas ao mesmo tempo é muito maior do que nas residências”.

Em Lagoa da Prata, o engenheiro Rogério Moura inaugurou uma franquia da Lava e Leva há cerca de dois anos. Ele relata que a maioria dos lagopratenses ainda não estava muito acostumada com os serviços de lavanderia, mas que esse comportamento está mudando: “As pessoas começam a perceber os tantos benefícios de uma lavanderia. Primeiro porque tira da família aquele serviço de lavar roupas e vai sobrar mais tempo para atividades, por exemplo, de lazer. Segundo porque economiza na conta de água, de luz, e também do supermercado, pois não vai mais gastar tanto sabão, amaciante, etc. Terceiro porque as pessoas estão se conscientizando que é preciso economizar a água do planeta”.

As unidades da Lava e Leva no início de 2017 eram 250 no Brasil, e agora são 340. Para Fernando, um outro fator que também está contribuindo para o crescimento da Lava e Leva, é o fato de que as pessoas estão usando os serviços de lavanderia para roupas do dia a dia. “Antes só era utilizado para roupas especiais, como ternos e vestidos de festas, ou peças que são difíceis de lavar em casa, edredons e cortinas. As pessoas também estão morando em apartamentos e muitas vezes não tem um espaço para cuidar das roupas” conclui.

► DEIXE ABAIXO SEU COMENTÁRIO ◄