Lagoa da Prata é a 3ª cidade com maior incidência de coronavírus em MG

Lagoa da Prata é a 3ª cidade com maior incidência de coronavírus em MG

Lagoa da Prata está atrás apenas de Nova Lima, região metropolitana de Belo Horizonte e Divinésia, na Zona da Mata.

Rhaiane Carvalho

 

Uma pesquisa feita pelo jornalista Alex Bessas, do jornal O Tempo, apresentou dados relevantes quanto à incidência de coronavírus em diversas cidades de Minas Gerais. Neste cenário, com 11 casos, Lagoa da Prata é a 3ª cidade com maior incidência do vírus. Havendo 1 caso para 4,7 mil habitantes.

Atualmente, Lagoa da Prata, que tem 52.165 habitantes, está apenas atrás de Nova Lima, região metropolitana de Belo Horizonte, com 87.391 habitantes, que tem 1 caso para cada 2,5 mil habitantes e de Divinésia, na Zona da Mata, com 3.417, que tem 1 caso para cada 3,4 mil habitantes.

Em números absolutos, Lagoa da Prata aparece na 7ª posição entre as cidades mineiras com mais casos, empatando com Uberada, no Triângulo Mineiro, que é 6,4 vezes mais populosa e que também soma 11 casos confirmados.

Para os cálculos proporcionais, Bessas cruzou dados do informe epidemiológico diário da Secretaria Estadual de Saúde (SES-MG) para Covid-19, com a estimativa populacional mais recente do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatistica (IBGE), divulgada em julho de 2019.

De acordo com o secretário de Saúde de Lagoa da Prata, Geraldo de Almeida,  “a transmissão está acontecendo em uma grande proporção. Então recomendamos os cuidados que estamos solicitando todos os dias, principalmente, lavar as mãos, cuidado ao voltar para casa, não entre em casa com os sapatos utilizados nas ruas, higienize as mãos antes de entrar em casa, limpe as torneiras, e vá direto para o banheiro, tire as roupas e tome um banho”.

Medidas

Um novo decreto com a manutenção das medidas restritivas contra o coronavírus em Lagoa da Prata entrou em vigor nesta terça-feira (7). O novo documento foi assinado pelo prefeito Paulo César Teodoro na segunda-feira (6).

O decreto determina a suspensão por mais sete dias do funcionamento de todos os serviços, atividades ou empreendimentos, públicos ou privados.

Foi ressaltado ainda que os estabelecimentos podem efetuar entregas a domicílio e retirada no local de produtos, restringindo-se o atendimento a contato via telefone, e-mail e demais meios de comunicação, desde que adotem medidas sanitárias.

Sanitização

A Prefeitura de Lagoa da Prata e o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae), com o apoio da Biosev, iniciou no domingo (28), o serviço de desinfecção próximo às unidades de Saúde, Hospital, Unidade de Pronto Atendimento (UPA), bancos e em locais de maior circulação.

Segundo o secretário de Saúde, Geraldo de Almeida, a sanitização foi feita com água clorada para o combate ao coronavírus. “Empresários, não permitam aglomeração de pessoas em seus estabelecimentos. População, só saia de casa se realmente for necessário. Estamos iniciando a semana de maior infecção. O reflexo das contaminações de hoje viveremos no impacto hospitalar nos meses de abril e maio. Portanto, toda prudência é pouca”.

Casos em investigação

Faixas etárias em investigação:

  •  Menor de 1 ano – 2
  • 1 a 10 anos – 16
  • 11 a 20 anos – 22
  • 21 a 30 anos – 31
  • 31 a 40 anos – 34
  • 41 a 50 anos – 22
  • 51 a 60  anos – 14
  • 61 a 70 anos – 8
  • 71 a 80 anos -8
  • 81 ou maior – 1
Colaboração Alex Bessas, O Tempo*

 

► DEIXE ABAIXO SEU COMENTÁRIO ◄