fbpx

Ivan José Lopes é o novo delegado da Polícia Civil de Lagoa da Prata

Natural de Japaraíba, Ivan Lopes já foi chefe do 7° Departamento de Polícia Civil e Coordenador Geral de Segurança da Superintendência de Informações e Inteligência Policial.

Ivan José Lopes assumiu no dia 15 de janeiro a Delegacia de Polícia Civil de Lagoa da Prata. Graduado em Direito pela Faculdade de Direito do Oeste de Minas e pós-graduado em Direito Público pela PUC-MG, o japaraibano começou a exercer o cargo de delegado em 1998, atuando nas cidades de Mato Verde, Campo Belo, Formiga e Santo Antônio do Monte.

Tornou-se em 2012, delegado Regional de Polícia Civil na cidade de Bom Despacho e, após isso, em 2015, ascendeu à chefia do 7° Departamento de Polícia Civil, com sede em Divinópolis, e abrangência de 50 municípios.

Nos últimos anos, passou pela Superintendência de Informações e Inteligência Policial, pela Academia de Polícia Civil de Minas Gerais (Acadepol) e esteve na Delegacia Especializada em Armas, Munições e Explosivos.

Ele comenta que após 3 anos na cidade de Belo Horizonte, apareceu a oportunidade de trabalhar em Lagoa da Prata e, por isso, manifestou interesse. “Vislumbrei uma oportunidade última de poder trabalhar de volta à área operacional, servindo diretamente aos meus conterrâneos de Japaraíba e Lagoa da Prata”.


Ao Jornal Cidade, o delegado classificou sua recepção na cidade de Lagoa da Prata como muito agradável e calorosa.

“Gostei muito da equipe que encontrei na delegacia. Vou trabalhar para aumentar o efetivo, mas vi que tem uma equipe muito compromissada, investigadores bons e bons servidores. Tenho certeza que vou me dar bem com o colega que já está lotado em Lagoa da Prata (…) Dr. Irineu José Coelho Filho, que já é meu amigo, foi colega de faculdade e de concurso, somos conhecidos há mais de 30 anos”, comenta José.

Sobre o que a cidade pode esperar de sua atuação, o delegado pondera que pode não ter a mesma energia de quando começou a profissão, há 24 anos, mas tem experiência.

“Já não tenho a mesma energia que tinha lá atrás, mas tenho hoje uma experiência maior (…) e pretendo somar essa experiência com o resto de energia que ainda tenho, com a boa vontade que ainda tenho – sempre gostei de trabalhar – e vamos somar isso com a energia dessa equipe boa que encontrei em Lagoa da Prata para fazer um trabalho de investigação de qualidade para ter êxito no nosso trabalho e garantir a segurança pública e justiça”, afirma o delegado.

Além disso, ele reforçou a importância de manter uma boa parceria com a Polícia Militar e com a Guarda Civil Municipal, bem como com os poderes Executivos e Legislativo, sobretudo com Ministério Público e o Judiciário.

Havendo essa harmonia, essa boa integração, a gente acredita que vai prestar o bom serviço que a comunidade merece”, finaliza.

► DEIXE ABAIXO SEU COMENTÁRIO ◄