fbpx

Idoso é preso por maltratar família em Pedra do Indaiá

Idoso foi detido em Pedra do Indaiá após filho denunciar situação a PM. Neta se suspeito conta que família só podia comer quando avô deixava.

Um idoso de 71 anos foi preso suspeito de ameaça, maus-tratos e violência doméstica nesta terça-feira (23) em Pedra do Indaiá. Segundo a Polícia Militar (PM), o filho do suspeito acionou as autoridades denunciando que o pai ameaçava, batia e mantinha os alimentos da família trancados com cadeado.

De acordo com a PM, o suspeito mora em um sítio na zona rural da cidade com a esposa de 60 anos e a filha de 36, que é deficiente mental. Os militares contaram que o filho do suspeito, de 38 anos, foi visitar os pais e ao chegar ao local encontrou ele ameaçando a família com uma foice. Viu ainda as duas geladeiras e os baús com mantimentos trancados com correntes e cadeados.

[pull_quote_right]E quando bebe não deixa ninguém comer sem a autorização. Ele trancou a geladeira e todos os lugares onde tinham comida na casa e minha família ficava sem se alimentar por horas. Ontem a situação se agravou, ele ficou muito agressivo e começou a bater e ameaçar todos.[/pull_quote_right]

A neta do suspeito, que tem 17 anos e não teve a identidade relevada por segurança, contou que o avô mantinha a família nessas condições há muitos anos e que a situação se agravava quando ele ingeria bebida alcoólica. “Meus avós moram junto com minha tia em um sítio. E quando bebe não deixa ninguém comer sem a autorização. Ele trancou a geladeira e todos os lugares onde tinham comida na casa e minha família ficava sem se alimentar por horas. Ontem a situação se agravou, ele ficou muito agressivo e começou a bater e ameaçar todos. Foi aí que meu tio teve coragem de acionar a polícia”, declarou.

O sargento da PM Jonas Missala da Silva atendeu a ocorrência e contou que ficou assustado com a situação em que a família se encontrava. “Foi muito triste quando cheguei ao local e percebi que a família estava refém daquela situação. Todos os móveis e eletrodomésticos da casa tinha cadeado e correntes grossas e o autor muito agressivo. A família me contou que há mais de 12 anos que eles enfrentam a situação de maus-tratos, porém não tinham coragem de denunciar. Fiquei muito impressionado, pois até o cachorro da família tinha medo do idoso” lamentou o policial.

A PM informou que o suspeito foi preso e encaminhado para a Delegacia de Bom Despacho. A Polícia Civil investiga o caso.

Por: Bárbara Almeida

► DEIXE ABAIXO SEU COMENTÁRIO ◄