Filha de idosa debilitada diz que não conseguiu fraldas geriátricas em programa do governo

Filha de idosa debilitada diz que não conseguiu fraldas geriátricas em programa do governo

Uma idosa de 81 anos enfrenta problemas de debilitação e incontinência urinária e fecal. Ela necessita de usar fraldas o dia todo que até então são compradas pela sua filha Ana Zaidan. Recentemente Ana ouviu da Presidenta da República, Dilma Rousseff, em um programa de rádio, que dentro do estatuto do idoso existe um programa que beneficia com doação de fraldas os idosos que sofrem de incontinência urinária e fecal. Ela procurou por esse direito, mas na prática não foi tão fácil quanto na teoria. “Tive que me abdicar de muita coisa pra cuidar de minha mãe, mas isso eu faço com muito gosto e prazer. O que me é pesado é quando eu preciso de uma ajuda do governo. Aí eu me sinto um farrapo humano, por que parece que a gente está mendigando alguma coisa, quando na verdade eu estou apenas procurando um direito que a própria presidente disse que minha mãe tem”, disse Ana.

Confira a entrevista com Ana Zaidan e conheça a história de Dona Labibi

No dia 12 de agosto a Presidente da República, Dilma Rousseff, participou do Programa Café com a Presidenta na qual falou ao entrevistador Luciano sobre o desconto em medicamentos e fraudas geriátricas. Confira o trecho da entrevista:

Apresentador: Maravilha, presidenta! E outra coisa, além desses remédios gratuitos, tem outros medicamentos oferecidos com desconto? 

Presidenta: Olha, Luciano, tem sim, viu? Além dos medicamentos de graça para asma, hipertensão e diabetes, o programa Farmácia Popular oferece vários outros com 90% de desconto. São para o controle do colesterol, do glaucoma, da rinite, osteoporose, doença de Parkinson, além de anticoncepcional e fraldas geriátricas. Agora, Luciano, eu quero dizer que, desde o início do meu governo, nós também aumentamos o número de medicamentos gratuitos distribuídos nos hospitais e nos postos de saúde. Passamos de 550 para 800 tipos diferentes de medicamentos. São medicamentos contra as mais variadas doenças, desde o câncer, a hepatite, o reumatismo, a hemofilia, a Aids e muitas, muitas outras. Nós investimos, Luciano, R$ 11 bilhões por ano para fornecer todos esses medicamentos para a nossa população. E não sei, Luciano, se você sabe, mas, nessa lista, há remédios muito modernos e muito caros, que chegam a custar até R$ 20 mil a dose mensal. Esses remédios, Luciano, comprados e distribuídos pelo nosso sistema público de saúde, o SUS, ajudam a melhorar milhões de vidas, pessoas que não poderiam jamais comprar esses medicamentos com o seu próprio salário. Isso, Luciano, é que é uma questão de justiça. Todo brasileiro deve ter acesso ao tratamento e aos remédios que precisar, independentemente da renda ou da condição social. 

A reportagem do Portal TV Cidade entrou em contato com a Prefeitura Municipal para saber quais são as providência a serem tomadas pelas pessoas que desejam e necessitam de tais ajudas do Governo Federal. A Assessoria de Comunicação Social nos enviou a seguinte nota:

O Programa Farmácia Popular oferece descontos nas fraudas Geriátricas. O idoso, ou responsável , deve ir até a farmácia que participa do programa com documentos e encaminhamento médico constando a necessidade de uso da frauda geriátrica. Outras informações no Serviço Social da Secretaria de Saúde, no telefone: (37)3262-2522.

A Assessoria de Comunicação informou que o Programa Farmácia Popular funciona de forma prática e tem atendido todos aqueles que necessitam, porém, no caso de adquirir fraldas de graça o idoso ou responsável deverá, se for de seu interesse, acionar o Ministério Público, pois o Programa Farmácia Popular oferece descontos em medicamentos e não a isenção no pagamento dos mesmos.

 

Adriano Santos – Portal TV Cidade, Lagoa da Prata.

Netwise

 

 

 

 

► DEIXE ABAIXO SEU COMENTÁRIO ◄