I Conferência dos Direitos da Pessoa com Deficiência é realizada em Lagoa da Prata

I Conferência dos Direitos da Pessoa com Deficiência é realizada em Lagoa da Prata

Isamin Couto

Na tarde de hoje (13/07) foi realizada uma palestra com Isamin Couto Gonçalves Coelho, Presidente da APAE de Lagoa da Prata, para falar sobre os Direitos da pessoa com Deficiência. “É a primeira vez que sentamos órgãos governamentais, pais, entidades do terceiro setor, comércio e pessoas com deficiência

Netwise
Isamim Gonçalves Couto Coelho
Isamin Couto – Presidente da APAE de Lagoa da Prata.

para falarmos sobre os direitos delas. O que mais me chamou a atenção nessa conferência foi que pela primeira vez começou a se pensar na pessoa com deficiência de uma forma transversal, em todos os sentidos. Na parte sexual, casamento, sobre ter filhos, em ter seus direitos garantidos, o envelhecimento, que até então a gente achava que eles não iam envelhecer. É de suma importância, e nós fizemos uma programação para 150 pessoas e tem mais, os crachás não deram”, afirmou.

Isamin ainda ressaltou que em conferências, as pessoas que são convidadas, geralmente, não acham muito agradável, na verdade a sociedade não participa como deveria. “Sabemos muito reclamar, mas não sabemos participar. Falar na hora certa, no momento certo, para a pessoa certa, a conferência é esse espaço hoje. É o espaço para ouvirmos a pessoa com deficiência e debater a problemática delas e construir políticas públicas que possam fazer com que elas sejam totalmente inclusas e tenham cidadania plena“, disse.

De acordo com a Secretária de Assistência Social do município, Cali Silva, as Conferências Municipais de Políticas Públicas são espaços amplos e democráticos de participação popular. Sua principal característica é oportunizar discussão entre sociedade civil e governo para propor diretrizes e metas a serem alcançadas no que se diz prioritário aos direitos humanos, neste caso dos idosos e da pessoa com deficiência. “As Conferências terão o objetivo de discutir temas específicos através de debate com vários representantes da sociedade e governo municipal. para formularem propostas que serão enviadas juntamente com representantes à Conferência Regional e Estadual e se votadas, serão apresentadas em Conferência Nacional ainda este ano”, afirmou.

Cali ainda ressaltou que os temas específicos serão discorridos através de palestras e após é feito a divisão de grupos por eixos temáticos para a discussão e elaboração de propostas.”A apresentação das propostas é feita por relator do grupo e votadas pela plenária presente. Podendo haver moção, ou seja, modificação da proposta pela plenária, antes que seja votada. Após a votação das propostas, são eleitos delegados que irão representar o município na Conferência Regional”, destacou.

Silva frisou a importância das pessoas participarem das Conferências. “Todos Principalmente entidades de direito dos públicos de idosos e pessoas com deficiência, usuários dos serviços ou não e familiares… enfim, todos nós somos convidados”, afirmou.

No dia 15 de julho também será realizada a Conferência sobre os Direitos da Pessoa Idosa, que será palestrada pelo Carlos Alberto dos Partos – Presidente do movimento pró-idoso de Minas Gerais e Conselheiro Estadual dos Direitos dos Idosos.

 

► DEIXE ABAIXO SEU COMENTÁRIO ◄