Homenagens ao ex-prefeito Ruy Amorim

Homenagens ao ex-prefeito Ruy Amorim

Da esquerda para a direita, Rui Cézar, Ruy Amorim, João Prado e o médico José Lasmar.

O político ficou marcado pela quantidade de obras que inaugurou nos cinco anos em que esteve no comando da Administração Municipal.

Lagoa da Prata perdeu na manhã do dia 31 de agosto o ex-prefeito Ruy Amorim, que faleceu de infarto. Ruy administrou o município de 1977 a 1982, numa época em que os recursos das prefeituras não eram tão expressivos como os de hoje e as obras dependiam, principalmente, do bom relacionamento dos políticos locais com o governo estadual. Nos cinco anos em que esteve à frente do Poder Executivo, Ruy realizou diversas obras ou foi o principal responsável pela execução de outras, como o asfaltamento da rodovia MG-170, que liga Lagoa da Prata a Moema.

Ruy Amorim nasceu em 1937. Era filho de Pedro e Zenite e irmão de Romeu, Rômulo e Ismênia. Sua infância foi de muito trabalho braçal. Concluiu a quarta série na Escola Municipal Dr. Jacinto Campos. Em 1959 casou-se com Iva, filha do senhor Orlando, com quem teve os filhos Ramiro, Paulo Henrique, Cynara e Ruizinho. Trabalhou na Estação Ferroviária como empilhador de lenhas em máquinas ferroviárias e treinador de novatos para a mesma função. Foi trabalhador de confiança de cafeicultores da região, onde era encarregado de registrar dados pertinentes aos cafezais dos fazendeiros. Ainda na estação, dedicou-se à profissão de telegrafista e conferente. Trabalhou na Rede Ferroviária, indo e voltando, durante três anos de Garças até Lagoa da Prata. Passado algum tempo, Ruy foi transferido como chefe da Estação de Luciânia. Posteriormente, montou um ponto de comércio para vender frutas, verduras e legumes. Como o negócio deu certo, resolver então ampliar para a cidade de Luz.

Trabalhou como construtor de casas e prédios em Lagoa da Prata e Belo Horizonte. Mais tarde, Ruy resolveu entrar para a política como vereador do partido da ARENA. Em 1971 tornou-se membro do Rotary Club de Lagoa da Prata. Construiu creches, o Cemitério Campo da Paz, pátio de obras da prefeitura, o Terminal Rodoviário, a torre da Telemig, o antigo Museu Dona Alexandrina, o Fórum de Lagoa da Prata, a Escola Chico Rezende, o Conjunto Habitacional Chico Miranda, o Conjunto Habitacional Chico Resende, a Escola Dr. Arnaldo de Faria Tavares, a implantação do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SA­AE) e inaugurou a asfaltamento da Avenida Brasil. Como prefeito também fornecia os instrumentos necessários, uniformes e transporte para a Fanfarra Municipal. Construiu o Ginásio Poliesportivo Francelino Pereira e fundou a Banda Lira de São Carlos. Tirou da zona urbana o matadouro municipal que tanto incomodava a população com os odores fortes. Constituiu também o prédio da Câmara Municipal. Estas informações estão disponíveis no livro “Caminhos Trilhados, Desafios Superados”, publicado em 2006 pelo escritor Ciro dos Santos.

Em 1968 Ruy tornou-se membro da sociedade de São Vicente de Paulo, onde teve a oportunidade de proporcionar benefícios à comunidade lagopratense como a construção das creches na Vila Vicentina e casas para pessoas carentes.

Rui Filho“O momento é de difícil superação, é uma dor imensa que transpassa nosso corpo e atinge as profundezas da alma, mas não poderia deixar expressar estas poucas palavras nesta homenagem realizada pelo Jornal Cidade. Agradecemos a Deus, pela oportunidade que tivemos de ter tido o privilégio de tê-lo junto a nós, conforme disse o padre José Ferreira, na missa de corpo presente: tratava-se de uma pessoa iluminada. Aproveito a oportunidade em nome de nossa família para agradecer penhoradamente todas as manifestações de carinho e solidariedade recebidas na ocasião do falecimento.”

RUI CÉZAR AMORIM, filho.

Natinho “No dia 31 de agosto do corrente ano, pela manhã, recebi com muito pesar a notícia do falecimento do meu amigo Ruy Amorim, pessoa com quem tive a honra de conviver e aprender muito. Ruy Amorim era excelente amigo, trabalhador e empreendedor, pessoa muito determinada. Em sua vida pessoal era exemplo de filho, pai e marido. Junto com sua mãe cumpriu a missão que Deus lhe confiou de criar sua família e educá-la na fé. Era um Católico praticante, Vicentino atuante, sendo sua bondade e caridade reconhecidas por todos que conviviam com ele. Era uma pessoa que tinha alegria em servir. Foi vereador, presidente da Câmara e em 1977 foi eleito prefeito de Lagoa da Prata, quando também fui eleito vereador e tive a honra de participar de uma legislatura e administração que trouxeram inúmeros benefícios para a cidade. Era um político que detinha amplas qualidades, dentre elas a humildade e simplicidade no trato com as pessoas, pois sempre procurava dar total atenção a quem lhe procurava. Era também escritor. Aproveito para agradecer pelo tempo que esteve conosco, pela amizade verdadeira e pelo exemplo de vida que nos deixou. Ruy Amorim ficará para sempre na lembrança e no coração daqueles que conviveram com ele. À família, nossos sentimentos e que Deus continue abençoando a todos.”

FORTUNATO DO COUTO (NATINHO), vereador.

Ciro“Ruy foi uma figura muito importante por ter usado a expressão comum para alavancar Lagoa da Prata. Até então, antes do Ruy, muitas coisas que estavam paradas e foi ele quem deflagrou o progresso para a nossa cidade. Éramos amigos fraternos e estou sentindo muito pela perda. O Ruy deixou um legado de administrador que até hoje, na minha opinião, não foi atingido por mais ninguém. Como prefeito e cidadão ele foi uma pessoa que se colocou muito à distância de todos os outros que o sucedeu. Ele foi uma figura cativante, boa prosa e extrovertido. Resumindo, tudo que tem de bom em Lagoa da Prata passou pelas mãos do Ruy.”

CIRO DOS SANTOS, médico, escritor e ex-secretário de Governo e Cultura.

Divininho“Fui vereador do partido dele por duas vezes, na época era o PFL. Ruy foi um homem de grande importância para o município, foi um dos prefeitos que mais fez obras para Lagoa da Prata, onde construiu a rodoviária, o poliesportivo e casas populares. Ele não era daquelas pessoas que ficavam paradas. Ele corria atrás e pela força de vontade tinha grandes influências. Foi o vereador bem mais votado do município e presidente da Câmara.”

DIVININHO, ex-prefeito.

Toninho Sampaio

Netwise

 

“Grande político, grande cidadão, amigo leal. Sinto imensamente a sua morte. Não existem palavras para dizer do nosso sentimento e nem que possam consolar sua família. Vá com Deus, até sempre. Saudades!”

TONINHO SAMPAIO, diretor do SAAE.

 

 

Paulo Teodoro“Ruy foi uma pessoa extremamente atuante, um político pró-ativo e muito bem relacionado. Ele era uma pessoa muito próxima do governo na época. Foi uma pessoa que promoveu o desenvolvimento social e econômico de Lagoa da Prata. Fez diversas obras no município. Foi realmente uma grande perda para a nossa cidade.”

PAULO C. TEODORO, prefeito.

 

Elizeu

 

“Lagoa da Prata perdeu um grande homem que ajudou na construção da nossa cidade. Vá com Deus.”

ELIZEU SILVA, ex-Secretário de Saúde.

 

 

Zezinho Ribeiro (2)“Ruy era uma pessoa amiga. Ele teve a coragem de entrar para uma eleição e se colocar à disposição do povo. Foi o vereador mais bem votado da história de Lagoa da Prata. Ele legislou por dois mandatos e fez obras importantes no município de Lagoa da Prata. Foi uma pessoa muito dinâmica. Fez a rodoviária, o poliesportivo, entre outras obras. Ruy tinha uma característica muito interessante, ele não tinha nada e ajudava as pessoas, mesmo que elas não fossem partidárias dele. Foi Vicentino e até o seu último dia de vida era ativo na Sociedade São Vicente de Paula. Ele deixou uma marca e uma família bem estruturada.”

ZEZINHO RIBEIRO, ex-prefeito e atual Secretário Municipal de Administração

Waldir Andrade“Ruy Amorim foi uma pessoa que fez muito pela nossa cidade. Foi um grande político como vereador, presidente da Câmara e prefeito. Como vicentino fez grandes feitos e contribuiu muito para o desenvolvimento da cidade. Fez muito pelo povo. Foi um excelente pai de família e deixou um legado muito grande para todos nós. Foi uma grande perda, pois ele foi um homem de bem. Tive a oportunidade de conviver muito com ele, viajamos juntos várias vezes e assim pude ter a oportunidade de ver como ele era no lado pessoal. Fiquei muito triste quando recebi a notícia da morte dele.”

VALDIR ANDRADE, ex-vereador e vice-prefeito de 2004 a 2012

Quelli Couto“Cada um a seu tempo, cada um a seu modo… assim o prefeito e cidadão Ruy Amorim, deixou sua marca de bom administrador e ajudou a construir a história da cidade a quem dedicou toda uma vida de luta, de conquistas e alegrias. À família Amorim, todo o respeito neste momento de perda e que Deus os conforte em sua dor.”

QUELLI COUTO, vereadora e presidente da Câmara.

► DEIXE ABAIXO SEU COMENTÁRIO ◄