Gestão de Lagoa da Prata diz que houve 'erro de digitação' nos registros de doses trocadas de vacinas

Gestão de Lagoa da Prata diz que houve ‘erro de digitação’ nos registros de doses trocadas de vacinas

Por meio de um vídeo publicado nas redes sociais, a secretária de Saúde Margarete Borges informou que o sistema usado pela pasta é novo e que não permite alterações.

Em Lagoa da Prata, houve nove casos de pessoas que teriam recebido doses de fabricantes diferentes de vacinas contra a covid-19, conforme divulgado pela reportagem do jornal “O Tempo”. A Prefeitura publicou um vídeo nas redes sociais explicando a situação. De acordo com a secretária de saúde Margarete Borges, os noves registros seriam decorrentes de erros de digitação no sistema do Ministério da Saúde.

Conforme exposto na reportagem, cerca de 2.500 pessoas teriam recebido doses trocadas e não estariam completamente imunizadas, pois é necessário a imunização da vacina pela mesma fabricante. No vídeo, a secretária de Saúde, Margarete Borges, informou que as doses de cada fabricante são separadas para que não haja erro.

A secretária informou ainda, que está sendo utilizado um sistema novo na vacinação e que ele não permite correção. Foi ressaltado que até o momento o município não possui erros de aplicação da vacina. A secretaria está aguardando o Programa Nacional de Imunizações (PNI) atualizar o sistema com os dados corretos. Clique aqui e veja o vídeo completo!

Netwise
Centro-Oeste MG

Foram notificadas doses trocadas em Nova Serrana, Bom Despacho, Santo Antônio do Monte, Arcos,  Japaraíba, Bambuí, Pains, entre outras cidades.

► DEIXE ABAIXO SEU COMENTÁRIO ◄