fbpx

Família procura por homem desaparecido em Lagoa da Prata

Conforme relata a irmã, José Hamilton é da Bahia e veio para Lagoa da Prata após conseguir uma oportunidade de trabalho na Construtora Terraço.

A família de José Hamilton, de 42 anos, está procurando por ele. O trabalhador foi visto pela última vez no dia 5 de novembro. De acordo com um de seus colegas de trabalho, após o expediente deste mesmo dia, os dois se encontraram e tomaram algumas cervejas. Depois disso, cada um seguiu para um dos alojamentos da empresa, na qual trabalham há mais de quatro meses.

O amigo de José Hamilton relatou à família que, ao sair do bar, ele disse que iria trocar de roupa e que depois iria ao circo que havia chegado em Lagoa da Prata. No dia seguinte, o colega de trabalho foi ao alojamento, por volta das 11h, mas não o encontrou. Percebeu que a cama estava arrumada – o que significava que José não voltou ao alojamento no dia anterior – e a partir disso deduziu que ele havia sumido. 

Na segunda-feira (8), quando os operários retornaram para o trabalho, o encarregado da obra ligou para a engenheira responsável e informou o acontecido. Segundo informações, um motorista saiu em busca de José em hospitais e demais localidades, porém sem sucesso. Diante disso, foi registrada uma queixa junto à Polícia Civil, que ainda segue inconclusiva. 

A irmã de José, Maria Aparecida, também do interior da Bahia, contou ao Jornal Cidade que sentiu falta das ligações do irmão. Ela entrou em contato com a engenheira responsável, além do inspetor e do motorista responsável pela busca, mas não conseguiu qualquer informação útil. 

 

“Além da dor, existe o sentimento de impotência, por eu ser de outro estado e não ter condições de ir procurá-lo”, comentou a Maria Aparecida. 

Maria Aparecida pede a ajuda dos moradores de Lagoa da Prata para encontrar o irmão. Ela solicita que quaisquer informações que a ajudem a localizar José sejam encaminhadas para o seu contato: (75) 98213-9958.

► DEIXE ABAIXO SEU COMENTÁRIO ◄