Encontro em Formiga define ações sobre a pandemia da COVID-19

Encontro em Formiga define ações sobre a pandemia da COVID-19

Prefeitura publicará Decreto de Emergência em Saúde; aulas na Rede Municipal de Ensino estarão suspensas de 18 a 29 de março.

A pandemia do novo coronavírus tem assustado e movimentado os municípios brasileiros. Diante da situação, a Prefeitura Municipal decidiu adotar medidas enérgicas e necessárias para combater a proliferação do Covid-19 em Formiga, que, até o momento, não tem nenhum caso suspeito ou confirmado de contaminação. Na manhã desta terça-feira (17), o Executivo realizou uma reunião com representantes do Judiciário; Legislativo; Tribunal de Justiça; Corpo de Bombeiros; Polícias Civil e Militar; Igrejas Católicas e Evangélicas; Acif-CDL; Instituições de Ensino; Clubes Sociais e Santa Casa. O encontro foi conduzido pelo secretário municipal de Saúde, Leandro Pimentel, que apresentou informações sobre a doença. Na ocasião, o prefeito Eugênio Vilela comunicou que a atual gestão publicará um Decreto de Emergência em Saúde, que possibilitará tomadas de decisões mais ágeis. Durante a reunião, diversos participantes se posicionaram favoráveis às ações do Executivo e parabenizaram pela seriedade e urgência com que o Município tem tratado a pauta internacional.

Primeiras ações

Entre as ações que serão apresentadas no Decreto de Emergência em Saúde está a paralisação das aulas na Rede Municipal de Ensino, do dia 18 (quarta-feira) ao dia 29 de março. Todos os eventos promovidos pela Administração Municipal também estão suspensos pelo período de 30 dias. No entanto, o prazo de todas as medidas poderá ser prorrogado, de acordo com a necessidade. O Decreto oficializará, também, a criação de um Comitê de Enfrentamento ao Coronavírus, que será formado por membros do Executivo e por representantes de entidades públicas e privadas.

Coletiva de imprensa

Será realizada, no Gabinete do prefeito Eugênio Vilela, nesta terça-feira, 17 de março, às 16 horas, uma coletiva de imprensa, na qual será apresentado o Decreto de Emergência em Saúde e esclarecidas as principais dúvidas acerca das ações definidas pela Administração Municipal.

► DEIXE ABAIXO SEU COMENTÁRIO ◄