Em meio à pandemia, pessoas e empresas se únem em prol da solidariedade

Em meio à pandemia, pessoas e empresas se únem em prol da solidariedade

Diversas doações de alimentos, álcool em gel, equipamentos de proteção individual, e prestação de serviços foram realizadas em Lagoa da Prata e região.

Reportagem: Rhaiane Carvalho e Matheus Costa

Em meio à pandemia do novo coronavírus, ações de solidariedade têm se multiplicado em Lagoa da Prata e região. Seja para ajudar as pessoas em grupos de risco, suavizar as dificuldades do isolamento ou contribuir com os profissionais que estão na linha de frente do combate à Covid-19, os gestos de amparo e caridade vêm fazendo a diferença para uma parcela da população da cidade. Com a falta recorrente de materialdos itens básicos para prevenção contra o contágio do novo coronavírus para profissionais da saúde, a ACE/CDL e voluntários se uniram para confeccionarem máscaras em Lagoa da Prata. No dia 26 de março, o Hospital São Carlos recebeu mil máscaras para os profissionais, estas confeccionadas por voluntários da cidade, uma delas, Paulina Borges. Segundo ela, soube da ação solidária através de uma amiga, e que para realiza-la, estavam precisando de costureiras voluntárias para confeccionar as máscaras, assim se dispôs a ajudar. “Como estamos com a fábrica fechada, os meus filhos Ana Clara e Adanis me ajudaram, além da minha irmã Juliana e Ana, uma costureira amiga que está costurando de casa. No total, produzimos 1200 máscaras com produção de 250 unidades ao dia”, contou Paulina.

Máscaras produzidas e doadas por voluntários em Lagoa da Prata. (Foto: Paulina Borges).

Contudo, a voluntária ainda disse que em um momento como esse, ajudar aqueles que estão na linha de frente em combate ao coronavírus “é o mínimo que podemos fazer, temos que nos unir e sermos solidários. Acho que é hora de revermos conceitos e sermos proativos com o próximo. Se cada um fizer algo para ajudar, vamos sair dessa situação mais rapidamente e fortalecidos”, declarou.

Já a empresa Pharlab fez a doação de álcool em gel de fabricação própria e máscaras N95 para a Unidade de Pronto Atendimento de Lagoa da Prata, dentre outras que a empresa ainda está organizando. A Biosev também fez a doação de álcool 70% para a limpeza de unidades de saúde e álcool em gel. A Fashion Cosméticos também informou que das atividades iniciadas no último mês de março, cerca de 3 mil unidades de frascos do antisséptico já foram doados para unidades de saúde, hospitais e entidades sociais de Lagoa da Prata, Japaraíba e Santo Antônio do Monte. “Agradeço imensamente à Pharlab que nos doou álcool em gel, máscaras, capotes e uniformes completos. À Drogaria Júnior que nos doou álcool em gel. À Embaré que também nos doou protetores faciais, óculos, capotes. À Crediprata que doou 500 máscaras para as Unidades Básicas de Saúde e para a Unidade de Pronto Atendimento. À Mais Fit que doou suco para os funcionários da Unidade de Pronto Atendimento. À Biosev que cedeu um caminhão para fazer a desinfecção das ruas junto com dois funcionários dela. À Fashion Cosméticos que doou mais de mil frascos de álcool em gel para as entidades. Ao Anderson Agistinho que doou frascos para colocar álcool líquido. À ACE/CDL que doou máscaras para a secretaria de saúde e instituições. Dentre tantas outras que recebemos e tenho certeza que receberemos”, destacou o secretário de Saúde, Geraldo de Almeida”.

Doações feitas pela Fashion Cosméticos. (Foto: Everton Costa)

Ele ainda enfatizou a importância da solidariedade neste momento. “Mais uma vez Lagoa da Prata mostra seu espírito solidário, participativo e cooperativo. Pessoas oferecendo para trabalhar como voluntários, isso nos motiva a continuar neste trabalho firme contra a pandemia”.

Além disso, junto à União da Indústria de Cana-de-açúcar (UNICA) e outras companhias do setor, a Biosev trabalha na operação de doação de álcool 70% ao Governo Federal e às Secretarias de Saúde Estaduais para a limpeza de hospitais e fabricação de álcool em gel.

Com o objetivo de ajudar pessoas necessitadas, um grupo de voluntários se uniu para arrecadar alimentos, produtos de limpeza e higiene pessoal. Liderada por Mariana Ribeiro, empresária do ramo da estética no município, o movimento já arrecadou diversos produtos. 

Para ajudar, você pode fazer o depósitos na seguinte conta:

Banco: Sicoob
Agência: 4113
Conta: 17.790-3
Cpf: 087.307.656-76
João Paulo Rocha Ribeiro Lacerda

Dificuldades ao acesso a benefícios 

Com o objetivo de ajudar pessoas com dificuldades para acessar sites e conteúdos para adquirir alguns benefícios, uma moradora de Lagoa da Prata teve a brilhante ideia de ceder parte de seu tempo para prestar um ato de solidariedade. Flávia Gontijo é microempreendedora e disse que a iniciativa surgiu desde que o Instituo Nacional do Seguro Social (INSS) informatizou seus serviços e ela viu a dificuldade de algumas pessoas. “Comecei a ser procurada por diversas pessoas que não têm acesso à internet ou que têm dificuldade em acessar o site e seus conteúdos, pessoas simples com pouca informação. Então, percebi que muita gente desistia de seus benefícios por não conseguirem ter o acesso. Pensando nisso, vi que o mesmo poderia ocorrer agora com o Auxílio Emergencial e decidi tomar a iniciativa de auxiliar de forma gratuita as pessoas de baixa renda, que não têm acesso à internet ou que tenha dificuldade em acessar o site e seu conteúdo”.

Netwise
Flávia Gontijo auxilia pessoas com dificuldades para requerer benefícios. (Foto: Arquivo pessoal)

Flávia ainda explicou como o trabalho tem sido desenvolvido. “O trabalho consiste em fazer o cadastro e acompanhar todo o processo para as pessoas que não conseguem ter acesso à informação virtual. Tomei essa iniciativa ontem e fiz as postagens em redes sociais, hoje as pessoas já começaram a procurar, na parte da manhã atendi 5 pessoas que se encaixavam na baixa renda de forma gratuita, que foram devidamente cadastradas e estou com um senhor, que teve uma pendência que estamos tentando sanar”.

Moradores de rua

A Secretaria Municipal de Assistência Social, através do Centro de Referência Especializado da Assistência Social (Creas), realizou a distribuição de kits de higienização aos moradores de rua de Lagoa da Prata. A ação está sendo realizada no município nas últimas semanas.

Voluntários auxiliam moradores de rua em Lagoa da Prata. (Foto: Secretaria de Assistência Social de Lagoa da Prata)

Os profissionais orientaram sobre os cuidados básicos que se deve ter durante a pandemia da Covid-19 e sugeriu pontos de higienização na cidade.

Conforme a secretária da Assistência Social, Cali Silva, atualmente o Creas acompanha estes moradores de rua e fornece alimentação. Ela ainda informou que os kits foram doados pela comunidade que também têm contribuído com a distribuição de marmitex. “É muito importante neste momento contarmos com a ajuda de todos. A Assistência Social é uma política pública de articulação na prática efetiva do direito do cidadão, e contar com o apoio da comunidade é maravilhoso”, informou a secretária.

► DEIXE ABAIXO SEU COMENTÁRIO ◄