Em Lagoa da Prata, novo decreto suspende atividades econômicas por 7 dias

Em Lagoa da Prata, novo decreto suspende atividades econômicas por 7 dias

Durante anúncio do novo documento, foram debatidos assuntos como aumento de casos positivos de covid-19, tratamento precoce, retomada econômica, testagem em massa, superlotação no Hospital São Carlos e Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

O prefeito de Lagoa da Prata, Di Gianne Nunes, informou neste sábado (10), por meio de uma reunião com seu secretariado e diretoria da ACE/CDL, que o município passará por mais mudanças devido o aumento de casos. No local, foram debatidos assuntos como o aumento de casos positivos de covid-19, tratamento precoce, retomada econômica, testagem em massa, superlotação no Hospital São Carlos e Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

Netwise

Segundo a secretária de Saúde, Margarete Borges, a cidade ultrapassou os três mil casos de covid-19 e 69 óbitos.

“Essa foi a pior semana que a gente já vivenciou desde o início da pandemia. Esta também foi a pior semana em termos de óbitos. Estamos vivendo o pior cenário com hospital cheio, UPA cheia, muitos pacientes aguardando para serem transferidos para outras cidades e temos pacientes graves dentro da UPA aguardando leito na UTI. É um momento crítico que requer atitudes diferentes. Fechamos março com 1089 casos positivos”.

De acordo com o médico regulador do município, Amarílio Sobrinho, é importante mostrar a realidade que a cidade está enfrentando. “É uma situação quase que de guerra. A gente vem ampliando leitos consecutivamente. Ampliamos leitos de enfermaria, leitos de UTI e mesmo assim não tem sido suficiente para dar conta da demanda. Se a gente não conseguir frear essa contaminação a gente não vai dar conta da demanda”.

O presidente da ACE/CDL, José Raimundo Rezende, também esteve presente na reunião e falou sobre o comércio. “Foi nos proposto a testagem em massa da população ativa do comércio. Com isso, a gente espera que as pessoas acometidas sejam afastadas e as que não apresentarem se mantenham no trabalho”.

Veja o vídeo públicado pela página oficial da Prefeitura de Lagoa da Prata, na íntegra.

A partir desta segunda-feira (12), poderão funcionar somente os serviços descritos no Decreto 088/2021:

• Supermercados, mercearias, padarias, açougues e sacolões hortifrúti;
• Laboratórios de análises clínicas;
• Farmácias e drogarias;
• Postos de combustíveis;
• Oficinas de veículos automotores e propulsão humana;
• Borracharias;
• Depósito de gás;
• Indústrias de alimentos e medicamentos;
• Serviço de transporte público e privado de passageiros;
• Serviços da Administração Pública Direta e Indireta, compreendidos os serviços públicos essenciais prestados por autarquias, empresas públicas e concessionárias de serviço público;
• Serviços de assistência veterinária;
• Serviços assistenciais de saúde, exceto atendimentos eletivos e de estética;
• Serviços de odontologia psicologia, fisioterapia, fonoaudiologia e terapia ocupacional de urgência;
• Serviços de hotelaria, hospedagem, pousadas, motéis e congêneres para uso de natureza residencial, bem como isolamento em caso de suspeita ou confirmação de Covid-19;
• Serviços de carga e transporte voltados ao atendimento da cadeia de alimentos;
• Serviços de conservação e limpeza, serviços domésticos de cuidadores e terapeutas;
• Agências bancárias e lotéricas;
• Cemitérios e serviços funerários.

Leia o decreto na íntegra

 

► DEIXE ABAIXO SEU COMENTÁRIO ◄