fbpx

Em Lagoa da Prata, Marina Alves lança o livro ‘Às Margens do Córrego Alheio’

Sua paixão pela escrita vem de muito cedo. Assim que descobriu as primeiras letras começou a se interessar pela leitura e pela escrita, e nunca mais parou de ler e escrever.

Professora aposenta, escritora e uma eterna apaixonada por livros, essas características tem nome, a lagopratense Marina Alves. Recentemente, ela lançou o livro ‘Às Margens do Córrego Alheio’, que surgiu de um antigo desejo que ela tinha em colocar no papel as muitas histórias que ouvia sua mãe contar.

“O enredo trata de registros das coisas que ouvi desde muito cedo de minha mãe, não só sobre a própria história da dela, como também sobre o modo de viver, em termos de trabalho, vida em família, conviver social, usos e costumes, a partir da década de 1930. Minha mãe tem um jeito de narrar muito interessante. É calma, detalhista e aos quase 90 anos, mantém uma memória admirável. Julguei importante registrar suas narrativas porque retratam, além das vivências dela, também as de um outro tempo, agregando valor histórico e cultural de outras gerações”, explicou.

Marina Alves, escritora lagopratense. (Foto: Arquivo pessoal/ reprodução).

Sua paixão pela escrita vem de muito cedo. Assim que descobriu as primeiras letras começou a se interessar pela leitura e pela escrita, e nunca mais parou de ler e escrever.

“Convivo com muita gente que gosta de escrever. Creio que esse gosto tem sido bastante incentivado em nossa cidade. A partir do surgimento da ACADELP, a Academia Lagopratense de Letras, da qual sou integrante, vimos crescer o número de escritores que vêm publicando seus livros. Esse incentivo tem papel fundamental para que cada vez mais, novas inspirações aflorem e rendam bons frutos na área da Literatura. Minha paixão pelos livros, como já contei, começou lá nos primeiros anos escolares. Tive a sorte de contar com excelentes professores que sempre me incentivaram e posso dizer que, num tempo em que o acesso aos livros não era tão fácil, fui frequentadora assídua da Biblioteca Pública de nossa cidade. Tudo isso, concorreu para que eu me tornasse uma leitora voraz e quisesse também produzir meus trabalhos”.

A escritora também falou sobre outros trabalhos publicados. “Em 2007, publiquei Sombras e Assombrações, republicado em 2013, em edição contemplada pelo Microprojeto Mais Cultura promovido pelo Mec e Funarte. Às Margens do Córrego Alheio (2022). No formato Ebook são 15 crônicas+ e 15contos+, respectivamente crônicas e minicontos. Publiquei também nas Antologias Gandavos, os Contadores de Histórias e Lagoa da Prata em Prosa e Verso. Já na editora, está Nos Trilhos da Memória — Do Bom Sucesso a Martins Guimarães. Desses títulos, tenho disponível Sombras e Assombrações e coletâneas, que podem ser adquiridos diretamente comigo. Publico nos sites Recanto das Letras e BVIW Mais, e nas redes Sociais”.

 

Conheça um pouco mais do trabalho de Marina Alves:

https://www.recantodasletras.com.br/

https://www.bviwmais.com/

malves. gontijo@yahoo.com.br

@malves.gontijo

facebook.com/malves.gontijo

► DEIXE ABAIXO SEU COMENTÁRIO ◄