Em Formiga, tia é acusada de abusar sexualmente de sobrinho

Em Formiga, tia é acusada de abusar sexualmente de sobrinho

Segundo a PCMG, a vítima e seu representante legal relataram para a delegacia no mês de janeiro os abusos cometidos pela tia. A suspeita, ameaçava o sobrinho caso ele denunciasse os abusos ou se mudasse da casa onde moravam.

Nesta terça-feira (9), uma mulher de 51 anos foi indiciada pela Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) por abusar sexualmente do sobrinho de 15 anos em Formiga. Segundo a vítima, os abusos acontecem desde quando ele tinha 9 anos de idade. A suspeita está presa desde terça-feira (2).

Netwise

Conforme divulgado pela PCMG, as investigações começaram em janeiro deste ano, quando a vítima e seu representante legal procuraram a delegacia. De acordo com os levantamentos, os crimes ocorriam quando o adolescente morava com os avós e a investigada. O último abuso teria acontecido também em janeiro. Na ocasião, a mulher teria ameaçado o parente com uma faca caso ele não deixasse ela fazer carícias nele.

A delegada responsável pelo caso, Luciana de Sousa Silva Correa, informou que “segundo os relatos da vítima, a suspeita o acariciava enquanto ele dormia, e o ameaçava de morte caso ele denunciasse os abusos ou mudasse de residência”. A delegada informou ainda que a investigação do caso já foi concluída.

O inquérito foi concluído e remetido à Justiça, com o indiciamento da investigada pelos crimes de estupro e estupro de vulnerável com causa de aumento de pena por ser tia da vítima, apontou a delegada.

 

► DEIXE ABAIXO SEU COMENTÁRIO ◄