fbpx

Dores do Indaiá – Criança de cinco anos fuma maconha e vai para hospital

Imagem ilustrativa

Três suspeitos foram detidos por oferecer droga à criança. Vítima foi encontrada pela mãe passando mal.

 

 

Uma criança de cinco anos foi parar no hospital após fumar maconha no último sábado (21), em Dores do Indaiá. Dois jovens de 18 e 19 anos, suspeitos de oferecer a droga ao menino, continuam detidos na delegacia de Bom Despacho. Um adolescente de 16 anos, também suspeito de oferecer a droga, foi ouvido pelo delegado de plantão e liberado.

 

Segundo a Polícia Militar, o menino estava em casa com os suspeitos, entre eles dois primos, quando o trio ofereceu um cigarro a ele. A mãe encontrou o garoto já passando mal e vomitando após ingerir a fumaça da droga.

A criança foi atendida na Santa Casa de Dores do Indaiá com hiperemia ocular, irritação que provoca a coloração vermelha nos olhos. O trio foi detido pelos policiais e levados para a delegacia de Bom Despacho.

G1 ligou para a delegacia para saber mais informações da prisão dos dois jovens, mas ninguém atendeu as ligações. O G1 também ligou para a Santa Casa, para pegar mais informações do estado de saúde do menino, mas ninguém soube passar detalhes do caso.

 

Efeitos da droga em uma criança
De acordo com o clínico geral Régis Wilson Beltrão, os efeitos da droga em uma criança vão de confusão mental temporária, agitação, crise convulsiva, hiperemia ocular e intoxicação. “A apresentação destes sintomas dependem da quantidade de droga que foi ingerida por uma criança, da quantidade de fumaça que ela tragou. Passado os efeitos, a criança não apresentará sequelas”, informou.

 

 

 

Fonte: G1

► DEIXE ABAIXO SEU COMENTÁRIO ◄