fbpx

Condenada no Paraná, mulher que matou e esquartejou o marido é presa em Formiga

A mulher foi condenada pelo Júri Popular por 24 anos e seis meses de prisão, por homicídio qualificado.

Policiais Militares do Paraná, em parceria com Policiais de Minas Gerais, prenderam na última terça-feira (12), na cidade de Formiga, Ellenn Federizzi, que foi condenada por matar e esquartejar o marido policial militar, em Curitiba.

A mulher foi condenada pelo Júri Popular por 24 anos e seis meses de prisão, por homicídio qualificado.

Foram reconhecidas as qualificadoras de motivo torpe, da impossibilidade de defesa da vítima, e a ocultação de cadáver.

Ela havia confessado o crime e respondia o processo em liberdade. Porém, mudou de estado sem comunicar a Justiça e, por esse motivo ocorreu a prisão preventiva.

Relembre o caso.

O crime aconteceu em 2016, no apartamento do casal, no bairro Tatuquara, em Curitiba. Conforme a acusação, a mulher teria matado o marido com um tiro pelas costas após discussão. Depois isso, a mulher ainda esquartejou o corpo. As partes foram enterradas em covas rasas em Araucária, na Região Metropolitana de Curitiba.

 

► DEIXE ABAIXO SEU COMENTÁRIO ◄