fbpx

Coletiva marca lançamento oficial do ‘Festival Mineiridades’ em Santo Antônio do Monte

Festival de gastronomia, cultura e arte é um projeto piloto e de construção. O evento acontecerá em agosto.

Bárbara Félix

Rhaiane Carvalho


Na tarde desta segunda-feira (6), aconteceu a coletiva de imprensa para falar sobre o ‘Festival Mineiridades’, que acontecerá de 5 a 10 de agosto, em Santo Antônio do Monte, com o evento de encerramento na Praça da Estação nos dias 12, 13 e 14 de agosto com shows regionais e músicos da cidade.

Na coletiva, estiveram presentes autoridades locais como o secretário de Cultura e Turismo, Ismael Costa, o secretário de Desenvolvimento Econômico, Célio Júnior, Gabriel Castro e Angêlo Júnior, que são organizadores do evento, representando o Sicoob Credimonte, Antenógenes Júnior, representando o Sicoob Lagoacred Gerais, Philip Rubens, o prefeito de Santo Antônio do Monte, Léo Camilo  e vice-prefeito Tiago Tumbum, além de representantes da Associação Comercial e Empresarial de Santo Antyônio do Monte (Aciasam).

Segundo o secretário de Cultura e Turismo, Ismael Costa, o momento de lançamento desse projeto é histórico para o município.

É com muito orgulho e muita satisfação que a Prefeitura de Santo Antônio do Monte por meio das Secretarias de Cultura e Turismo e Desenvolvimento Econômico juntamente com os parceiros idealizadores e apoiadores, anuncia hoje a realização de um sonho. Nossa cidade ganha um Festival com identidade própria, plural e democrático, que vai além do conceito gastronômico, promovendo também cultura e arte, em consonância com a Secretaria de Cultura de Minas Gerais que elegeu este como o ano da mineiridade, o ano da valorização de todos os aspectos da cultura mineira. Do ponto de vista da Secretaria de Cultura, essa parceria público-privada vem de encontro ao nosso objetivo de dotar o munícipio de um calendário cultural vibrante e permanente, colocando os potenciais da nossa cultura e do nosso turismo no eixo centraldo desenvolvimento econômico e humano de Santo Antônio do Monte. Esse avanço, essa concretização, só é possível pela junção de forças aqui hoje representada. Desde já, sucesso e vida longa ao Festival Mineiridades de Santo Antônio do Monte!

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Célio Júnior, ressaltou que o projeto vai além da gastronomia, propiciando cultura e desenvolvimento econômico, principalmente para os comerciantes e empresários do ramo da alimentação, e gestão. “Nosso objetivo é trazer um festival muito além do gastronômico, mas algo com muita cultura. Estamos trazendo um diferencial enorme que é o ‘Prepara gastronomia’, onde a Prefeitura está contratando o Sebrae para ser o instrutor desse projeto que vai deixar um legado para os empresários que estão participando. Que o desenvolvimento se faça durante esse festival, e isso é o que queremos deixar como legado para os empresários “.

Representando o Sicoob Lagoacred Gerais, Philip Rubens destacou que um evento desse porte só é possível quando há união com o objetivo de cooperar para um objetivo em comum.

 “Temos um prazer e uma satisfação muito grande em sermos parceiros do evento e de alguma forma contribuir. Havia uma expectativa muito grande sobre o Poder Público e da Iniciativa privada para que um festival desse porte acontecesse em Santo Antônio do Monte, mas quando a gente vê um alinhamento de ideias e objetivos como está acontecendo neste momento, é o que a gente vê que faz a coisa acontecer e dar certo. Uma iniciativa isolada não tem esse potencial. Quando se junta para que algo assim aconteça a gente vê acontecer; e isso nada mais é que cooperação. Ações como essa geram inúmeras oportunidade, tanto para o público quanto para o público geral e, especialmente, as empresas. E o festival é muito completo nessa parte de capacitação e desenvolvimento para que o trabalho seja bem feito”.

‘Festival Mineiridades’ em Santo Antônio do Monte. (Foto: Larissa Torres / divulgação).

 

Para Antenógenes Júnior, presidente do Conselho de Administração do Sicoob Credimonte, o projeto, que terá desenvolvimento a longo prazo, marca a importante iniciativa de unir forças de pessoas que buscam deixar um legado no município. “Vejo hoje aqui um momento histórico nós, juntos, estamos tomando a iniciativa. Juntos hoje, Poder Público e Iniciativa Privada aqui representada pelo Gabriel e pelo Ângelo. Vocês estão assumindo, tendo essa atitude de participarem desse festival, que será indubitavelmente um legado para Santo Antônio do Monte, assim como começou em Itapecerica. Hoje é uma sementinha plantada para a história de Santo Antônio do Monte e será dito: ‘Vocês foram os pioneiros desta ideia’.

Durante a coletiva o prefeito Léo Camilo e o vice Tiago Tumbum também falaram sobre a importância do Desenvolvimento Econômico e da Cultura, reforçando o apoio dos parceiros e enfatizando que este é um projeto de longo prazo e ambicioso. “Este é um projeto para dez anos, pois não mudamos a história de uma cidade do dia para a noite; e estamos fazendo isso com muita responsabilidade. Tenho a certeza de que essa grande empreitada que está por vir será um marco no que tange desenvolvimento econômico, pois não deixa de ser geração de renda, quanto entretenimento e cultura. Será uma longa caminhada, esse evento nos dará diretrizes para que os próximos sejam melhores ainda”.

Gabriel Castro e Ângelo Júnior são os organizadores do evento e destacaram que o projeto nasceu de um sonho de ter um festival para que Santo Antônio do Monte pudesse chamar de seu.

“Víamos nas cidades vizinhas muitos exemplos exitosos como Itapecerica, Lagoa da Prata, Divinópolis e Belo Horizonte. E então, o que tínhamos de empecilho para fazer isso aqui? Com essa união de forças nós estamos hoje lançando esse festival mineiridades que vai deixar um legado para Santo Antônio do Monte. As grandes estrelas desse evento são os donos de bares e restaurantes. Teremos consultoria para ajudar na elaboração e decoração dos pratos junto aos empresários. Teremos também consultoria de gestão de restaurante, de atendimento, através de um chefe. Serão mais de 30 horas de capacitação individual para as empresas. Teremos também o ‘Concurso gastronômico’, onde os participantes vão eleger e criar com o chefe um prato para concorrer ao melhor prato do festival, onde terão que usar o ovo, que é um elemento que vem através da avicultura, que está em plena expansão no município’.

 

 

► DEIXE ABAIXO SEU COMENTÁRIO ◄