fbpx

Cidades do Centro-Oeste de Minas devem receber R$ 2 milhões para controle do Aedes aegypti

Para os municípios de Arcos, Bom Despacho, Formiga, Moema, Luz, Lagoa da Prata e Samonte foram destinados o montante de R$ 414.558, equivalente a quase um quarto do valor total.

A Secretaria de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) informou o repasse de cerca de R$ 2 milhões para os municípios da Região Centro-Oeste de Minas. O objetivo é que sejam elaboradas estratégias de combate à proliferação do mosquito Aedes aegypti, responsável pela transmissão da dengue, chikungunya e zika.

Para os municípios de Arcos, Bom Despacho, Formiga, Moema, Luz, Lagoa da Prata e Samonte foram destinados o montante de R$ 414.558, equivalente a quase um quarto do valor total.

O orçamento é fundamental para evitar o aparecimento das doenças causadas pelo mosquito na região. Só no último boletim divulgado pela SES-MG, a região registrou 462 casos prováveis de contágio: 457 de dengue e 5 de chikungunya. 

“Os incentivos financeiros são muito importantes para que os municípios possam desenvolver suas estratégias, em nível local, tanto em relação à prevenção e eliminação de possíveis criadouros do Aedes, promover as ações de mobilização social e na estruturação da rede de atendimento”, comentou a diretora de Vigilância de Agravos Transmissíveis, Marcela Lencine Ferraz

A pasta ainda aponta que para fortalecer e sensibilizar os profissionais de saúde no manejo do paciente,  foram ofertadas qualificações virtuais durante o mês de fevereiro. 

“A Secretaria também realiza análises sistemáticas dos bancos oficiais de notificação e acompanhamento de indicadores de transmissão nos diferentes municípios do território mineiro e com avaliação de cenário de risco constante junto ao Comitê de Enfrentamento das Arboviroses e Comitês Regionais de Enfrentamento as Arboviroses”, destacou Marcela.

Confira o valor do repasse por cidade:

  • Arcos: R$ 61.342,00;
  • Bom Despacho:  R$ 70.925,20;
  • Formiga: R$ 86.039,80;
  • Luz: R$ 41.431,30;
  • Moema: R$ 31.798,60;
  • Lagoa da Prata: R$ 72.439,90;
  • Samonte: R$ 50.584,30.

► DEIXE ABAIXO SEU COMENTÁRIO ◄