fbpx

Cerca de 70 pessoas são presas por maus tratos a animais em Samonte

Além disso, três deles foram autuados também por tráfico de drogas.

No último sábado (18), 69 pessoas foram presas por maus tratos a animais em Santo Antônio do Monte. Eles foram flagrados pela Polícia Militar de Meio Ambiente, após denúncias de participação de rinhas de galos em um ginásio na região dos Ferreiras, zona rural do município. Além disso, três deles foram autuados também por tráfico de drogas. As idades dos envolvidos não foram divulgadas.

Os militares apreenderam 98 galos índios, sendo que um animal já estava morto, e diversos galos apresentavam lesões severas, com mutilações e cegueira em virtude dos embates. As aves foram encaminhadas ao Centro Veterinário da cidade para avaliação e inclusão em um programa de reabilitação e ressocialização de galos.

Durante a ação, a PM ainda encontrou cinco pinos de cocaína e duas buchas de maconha, além de R$ 302 em espécie. Os itens estavam com três dos detidos.

Conforme a polícia, também foram apreendidos diversos materiais utilizados na atividade de rinha (biqueiras, esporas, arenas, gaiolas e outros), além de R$4.744 e U$1 (dólar). De acordo com os militares esse dinheiro estava sendo usado em apostas nos combates.

Os militares ainda ressaltam que os envolvidos estavam desrespeitando as medidas impostas pelo Poder Executivo da Prefeitura e do Estado de Minas Gerais frente às medidas de isolamento e prevenção da pandemia da Covid-19. Essas informações também serão repassadas ao Poder Judiciário.

► DEIXE ABAIXO SEU COMENTÁRIO ◄