Autoridades se reúnem com Antônio Anastasia para defender a indústria de fogos da região

Autoridades se reúnem com Antônio Anastasia para defender a indústria de fogos da região

O encontro teve como objetivo a luta por uma legislação mais justa para o setor

Via Prefeitura de S. A. do Monte
Autoridades, representantes sindicais e empresários do setor de pirotecnia de Santo Antônio do Monte e região reuniram-se com o senador Antônio Anastasia, em Belo Horizonte, na última segunda-feira, dia 20.

Netwise

O encontro foi agendado pelo deputado federal Domingos Sávio e teve como objetivo a luta por uma legislação mais justa para a fabricação, transporte, comercialização e uso dos fogos de artifício no Brasil.

O senador Antônio Anastasia é vice-presidente da comissão que analisa o projeto de lei 497/2013 do senador Cyro Miranda do PSDB de Goiás. O intuito da visita foi pedir agilidade na aprovação da Lei Federal evitando que as Câmaras Municipais criem suas próprias leis proibindo o uso de fogos de artifício e estampidos, o que seria um grande desastre para a indústria pirotécnica brasileira.

Também estiveram presentes no encontro, Dinho do Bráz (prefeito de Santo Antônio do Monte), Jorge filho (presidente do SINDIEMG – Sindicato das Indústrias de Explosivos do Estado de Minas Gerais), o supervisor técnico do sindicato, José Expedito, os empresários Ivan Lopes e José Antônio (ex-prefeito de Japaraíba).

A estimativa é que mais de duas mil pessoas estejam envolvidas com a fabricação, transporte, comercialização e queima de shows em todo país. Embasados num projeto do SEBRAE/FIEMG o segmento faz uma auto análise e se prepara para estabelecer novas posturas para abertura de mercado e especialização.

Os empresários da região buscam um amparo legal, que os permitam sobreviver a crise. “Somos fiscalizados por tantos orgãos, se temos permissão para produzir é inconstitucional restringir a venda e o uso. Precisamos de uma lei responsável para que o setor possa se consolidar novamente”, salientou Américo Libério, representante do SINDIEMG.

► DEIXE ABAIXO SEU COMENTÁRIO ◄