Atleta de Lagoa da Prata bate recorde no salto triplo durante 2º Desafio de Atletismo

Atleta de Lagoa da Prata bate recorde no salto triplo durante 2º Desafio de Atletismo

No domingo (19/05), durante o Segundo Desafio de Atletismo, no Centro de Treinamento Esportivo (CTE), a atleta mineira Nubia Aparecida Soares, de Lagoa da Prata, conseguiu índice para o Troféu Brasil de Atletismo. Ela bateu, pela quarta vez, o recorde mineiro de salto triplo, com a marca de 12,12 metros. Nubia tem 16 anos e vem conquistando resultados expressivos na modalidade, com vitórias em níveis nacionais e internacionais, como a medalha de prata no Festival Internacional, realizado na Austrália.
O secretário de Estado de Esportes e da Juventude, Eros Biondini, e o secretário-adjunto, Rogério Romero, acompanharam de perto as provas, que reuniram  mais de 200 atletas, representando os municípios de Belo Horizonte, Itaúna, Japaraíba, Lagoa da Prata, Lavras, Mariana e Uberlândia.

“O atletismo é um dos esportes mais praticados em nosso Estado e, por isso, é uma satisfação oferecer este espaço, de altíssima qualidade aos nossos atletas. Aqui, eles têm a oportunidade de otimizar resultados e vislumbrar conquistas. E foi isso que vimos aqui. Atletas batendo recordes e se classificando para importantes torneios”, disse o secretário Eros Biondini.

Provas

Netwise

A competição contou com torneios de pista de corridas rasas em 75, 100, 200, 250, 400, 1,5 mil e 5 mil metros, além de revezamento 4×100. Também tiveram disputas de campo, como salto em distância, triplo, arremesso de peso, lançamento de dardo e disco. Já na categoria mirim, foi realizado arremesso de peso e lançamento de pelota (400 gramas). Elas foram realizadas em uma única etapa, para ambos os sexos,  nas categorias mirim (1998, 1999 e 2000), menor (1996 e 1997), juvenil (1994 e 1995) e adulto (até 1993).

Segundo o professor Mauro, do Clã Delfos Minas Olímpica, a segunda edição da competição foi bem mais proveitosa que a primeira, já que contou com mais participantes e obteve quatro índices para competições nacionais.

Fonte: Secretaria de Estado de Esportes/Aline Pereira

Foto: Aline Pereira

► DEIXE ABAIXO SEU COMENTÁRIO ◄