Artista lagopratense tem deixado a cidade mais colorida com seus trabalhos

Artista lagopratense tem deixado a cidade mais colorida com seus trabalhos

Micheli também explicou que, através dessa paixão, em junção com um projeto da Secretaria de Cultura e Turismo, tem deixado a pracinha da pista de skate mais colorida.

Rhaiane Carvalho


Os trabalhos da artista Micheli Borges têm chamado a atenção de quem anda pelas ruas de Lagoa da Prata. Pintora há 21 anos, Micheli trabalha com pintura em tela, cartazes de encontros de escolas e igrejas, pintura em tecido, mas, atualmente, devido à pandemia está apenas dando aulas em seu ateliê, adotando todas as medidas pedidas pelas autoridades de saúde com 1 aluno por aula e uso de máscara, e alguns pequenos trabalhos que aparece. Realizar trabalhos nas ruas de Lagoa da Prata veio como um desafio para a artista. “Aquele estilo de arte de intervenção urbana é a primeira vez que realizo, tenho uma tela pintada que se encontra no Hospital São Carlos, a pintura de São carlos Borromeu, e tenho vários trabalhados em outras cidades, e também pinturas para escolas de toda região. As pinturas em Lagoa da Prata, no entorno da praia, foi uma contrapartida de um auxílio, que recebi do Governo Federal devido à pandemia, pela Lei Aldir Blanc, o qual fui premiada através de editais . Venci o edital 1 na categoria artes plásticas”, explicou.

Artista lagopratense Micheli Borges. (Foto: Arquivo pessoal/reprodução).

Micheli também explicou que, através dessa paixão em junção com um projeto da Secretaria de Cultura e Turismo, que tem deixado a pracinha da pista de skate mais colorida. “A secretaria de Cultura, juntamente com a secretaria de Esportes, estão transformando aquele espaço em uma área recreativa infantil, e a ideia foi da gestão anterior na pessoa do Tatau e Adircilene Batista, que não mediram esforços pra fazer acontecer e agora, devido à pandemia, estão sendo colocadas em prática pela atual gestão na pessoa do Bel e demais envolvidos na Sectur”, explicou.

Segundo a artista, contribuir para a beleza artística da cidade é motivo de muita alegria.

“Para mim, é uma satisfação enorme ter o trabalho reconhecido, pois há anos estou envolvida com a Cultura de Lagoa da Prata e, através deste projeto foi possível realizar pinturas, que ficarão pra sempre marcadas na história da nossa cidade. É muito gratificante ver o quanto as pessoas gostaram das pinturas lá realizadas. No total,  foram   6 pinturas: O Bis, a parede de balões, a casca de banana pintada no chão, asas de borboleta para as pessoas tirarem suas fotos e uma menina juntamente com uma amarelinha pintada no chão. E tem tido uma repercussão muito boa nas redes sociais”, disse.

Michele ainda falou sobre projetos futuros. “Para o futuro, pretendo continuar o projeto, pois a Lei Aldir Blanc será prorrogada e se for novamente contemplada desenvolverei mais pinturas naquele local ou em outros à escolha da secretaria de Cultura, ou também possíveis oficinas de artes. Tenho também um projeto de fazer algumas pinturas no S.O.S, prestando serviço voluntário para deixar ainda mais acolhedor e alegre aquele local. Para quem quiser conhecer mais um pouco do meu trabalho nas redes sociais vou deixar meu istagram e Facebook. Instagram Micheli pinturas, Facebook Micheli Borges“.

Para finalizar, ela agradeceu todo apoio que recebeu e tem recebido diante do seu trabalho. “Deixo aqui meu agradecimento à toda população de Lagoa da Prata, que está prestigiando, tirando suas fotos e me marcando nas redes sociais. Agradeço à secretaria de Cultura, na pessoa do Bel, Adircilene, o Tatau, que também ajudou muito para tudo acontecer, mesmo não estando mais lá, ao Alencar pela idealização das pinturas, aos demais artistas que também participaram e também estão realizando seus trabalhos naquele local”.

► DEIXE ABAIXO SEU COMENTÁRIO ◄