Arcos flexibiliza atendimentos para comércio não essencial

Arcos flexibiliza atendimentos para comércio não essencial

Conforme a Prefeitura, o Comitê avaliou que houve um declínio nos casos e que, por esta esta razão a flexibilização vai acontecer no município mesmo sem ser permitida pela Onda Roxa.

O Comitê Municipal de Enfrentamento à Covid-19 de Arcos determinou pela retomada de serviços comerciais considerados não essenciais no município. As reuniões do Comitê são realizadas semanalmente e nesta terça-feira (13), membros decidiram pelo retorno através de um plano de contingenciamento devido o declínio no número de infectados. Decisão não vai de encontro com o decreto estadual que formaliza a vigência da Onda Roxa do plano Minas Consciente.

Em nota divulgada no portal da Prefeitura, a nova determinação passa a valer a partir de 0h desta quinta-feira (15) para que a população tenha tempo de se adequar às mudanças. Leia o Decreto na íntegra, clicando aquiI! O horário de funcionamento do comércio será de 6h às 20h, para evitar aglomerações. Essa determinação não inclui bares e restaurantes com presença de público. 

Netwise
Foto: Prefeitura de Arcos/Divulgação
Confira o horário de funcionamento para as atividades comerciais no município, de acordo com a Prefeitura Municipal

As academias também voltam a funcionar, com 20% da capacidade, desde que não ultrapasse o número de 10 alunos. Escolas de futebol e clubes de natação não estão liberados.

  • Toque de Recolher: Fica das 20 às 5h
  • Disque-busque: Permitido até as 20h
  • Delivery para bares e restaurantes: Permitido até meia noite
  • Bares e restaurantes: Podem funcionar por meio de delivery e disque-busque
  • Missas e cultos: Podem acontecer com 20% da capacidade, desde que não ultrapasse o número de 100 pessoas

Ainda de acordo com a Administração Municipal, a população não deve relaxar e deixar de fazer os cuidados sanitários contra a covid-19 como o uso máscaras, álcool gel e distanciamento . As reuniões familiares são permitidas na Onda Roxa mas não são recomendadas pela prefeitura. “Apesar da Onda Roxa permitir as visitas domiciliares, que elas não aconteçam. Nestes encontros, as pessoas tiram a máscara durante as refeições, o que aumenta a transmissibilidade do novo coronavírus.”

Onda Roxa

O período de vigência da Onda Roxa, termina no dia 18 de abril, no entanto, municípios da região Centro-Oeste MG tem flexibilizado o comércio antes do fim da determinação do Governo Estadual. Em coletiva de imprensa realizada na quinta-feira (8), o secretário estadual de Saúde, Fábio Baccheretti informou que as Prefeituras podem tornar mais rígidas as medidas já impostas pela onda roxa, mas que não podem flexibilizá-las. 

► DEIXE ABAIXO SEU COMENTÁRIO ◄