Após testar 9.672 moradores, Lagoa da Prata identifica 125 casos ativos para covid-19

Após testar 9.672 moradores, Lagoa da Prata identifica 125 casos ativos para covid-19

A secretária de Saúde, Margarete Borges, reforçou que não é o momento de relaxar com os cuidados, pois o número de casos positivos está alto e estavam dentro do comércio local.

A Prefeitura Municipal de Lagoa da Prata divulgou os resultados da testagem em massa realizada entre os dias 13 e 16 de abril. Ao todo, 9.672 moradores foram testados e 125 casos positivos foram identificados para a covid-19. A testagem tinha como público pessoas com idades entre 18 e 65 anos. De acordo com a Prefeitura, 10 mil testes foram comprados para o município. Os resultados foram divulgados na sexta-feira(15) na página da Administração Municipal.

Durante o vídeo, a secretária de Saúde Margarete Borges explicou que 125 casos positivos identificados podem parecer poucos casos, no entanto, ela enfatiza que as pessoas contaminadas estavam trabalhando dentro do comércio e poderiam contaminar o dobro desse número, caso continuassem circulando no município. Desta forma, o município contabilizou mais 194 casos confirmados. Ainda no vídeo, a secretária pediu que as pessoas cumpram o isolamento e falou sobre a taxa de transmissão na cidade, que de acordo com Margarete, varia entre 1.2.  “Foram muitas pessoas positivas nessa semana, e isso reforça que precisamos tomar os cuidados”, disse.

“Às vezes a pessoa fala que é muito pouco ‘125 casos positivos’, mas estes casos estavam dentro do comércio, estavam trabalhando e autônomos prestando serviços nas casas das pessoas. Se essas pessoas cumprirem o isolamento, elas vão deixar de transmitir para 150 pessoas”, explicou Margareth.

Foto: Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal de Lagoa da Prata/ Divulgação

A ação como informada pelo secretário de Desenvolvimento Econômico, Rogério Corgosinho, não será duradoura no município e faz parte de uma das medidas anunciadas pela Prefeitura para a retomada das atividades econômicas.

Netwise

 

 

► DEIXE ABAIXO SEU COMENTÁRIO ◄