fbpx

Após acelerar a vacinação contra covid-19, Samonte tem objetivo de zerar fila pela 1ª dose em 10 dias

Com  28,4 mil habitantes , nesta segunda-feira (9/8), o município começou a imunizar jovens com 20 anos ou mais.

Vacinação contra covid-19 em Santo Antônio do Monte. (Foto: Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Santo Antônio do Monte/reprodução).

O município de Santo Antônio do Monte tem sido considerado o mais avançado em termos de faixa etária na vacinação contra a covid-19. Com 75% do  público-alvo vacinado com a primeira dose, a expectativa da Secretaria Municipal de Saúde é  zerar a fila da vacinação em até 10 dias. Com 28,4 mil habitantes , nesta segunda-feira (9/8), o município começou a imunizar jovens com 20 anos ou mais.

Desde o início da vacinação, em janeiro deste ano, já foram aplicadas 21.946 doses. Deste total, 16.568 são referentes a primeira e 4.919 a segunda. Outras 459 pessoas receberam dose única. A previsão da Secretaria Municipal de Saúde é de imunizar 21.714 moradores com 18 anos ou mais.

Vacinação contra covid-19 em Santo Antônio do Monte. (Foto: Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Santo Antônio do Monte/reprodução).
O prazo previsto para vacinar 100% do público alvo com a primeira dose está dependendo um único fator. “Do recebimento das remessas para o município”, afirmou o prefeito, Léo Camilo.
Porém, considerando o cronograma, a expecativa é que não passe de 10 dias. Para as duas doses, ainda não há uma data pré-estabelecida pelo município.
Para acelerar a vacinação, algumas estratégias foram adotadas. “Definimos um local, isso foi primordial”, declarou. O Centro de Vacinação contra a covid–19 passou a funcionar em horários estendidos.
Outra medida foi a fiscalização para garantir que pessoas de outras cidades não furassem fila. “A gente pede declaração de endereço e precisa estar cadastrada em algum dos 11 PSF’s (Programas Saúde da Família)”, explicou Léo Camilo.
O município também comprou seringas apropriadas para eliminar xepas, ou seja, sobras em frascos. “Conseguindo o número de doses conforme definido pelo fabricante”, destacou a coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Débora Rabelo.
Também não houve registro de perda por validade vencida após abertura de frasco.

► DEIXE ABAIXO SEU COMENTÁRIO ◄