Antecipação de feriados em MG não é descartada

Antecipação de feriados em MG não é descartada

A estratégia vem sendo adotada por governadores para aumentar o índice do isolamento social no enfrentamento contra á Covid-19.

Em decorrência da pandemia da Covid-19, governadores estaduais têm adotado a antecipação de feriados nos estados para aumentar o índice do isolamento social. Em entrevista coletiva realizada durante a semana, representantes do governo destacaram que, por ora, esta medida não será executada.

A entrevista coletiva foi realizada na tarde de quarta-feira (20) com a presença do governador do estado, Romeu Zema (NOVO),  que atualizou á imprensa sobre a situação financeira de Minas Gerais. Participaram também, o secretário de Saúde Carlos Eduardo e do secretário Estadual Adjunto de Saúde, Marcelo Cabral.

Marcelo Cabral, afirmou ao ser questionado se haveria antecipação do feriado Corpus Christi que ocorre na data do dia 11 de Junho, que a estratégia não seria adotada. Apesar de possuir ampara legal, a possibilidade existe mas será usada quando houver necessidade.

Em São Paulo, foi antecipado feriados e as empresas têm adotado pontos facultativos, logo a cidade vai conceder 6 dias em casa para trabalhadores. O secretário destacou que a possibilidade existe e que têm amparo legal além de ser mais um instrumento de combate ao novo coronavírus e que será usado quando necessário.

Transparência de informação do estado mineiro

De acordo com  o Open Knowledge Brasil (OKBR), site que avalia a divulgação de dados da União e dos estadores federativos durante a pandemia da Covid-19, Minas gerais até o momento, lidera o ranking de estados mais transparentes na divulgação de informações sobre a doença com a pontuação de 100 pts, assim como Ceará e Goiás.Embora, no início do mês tenha deixado de divulgar dados referentes a testagem no estado, de acordo com o site Coronavírus Minas Gerais, projeto que têm como objetivo coletar, organizar e “abrir” tornar mais fácil a interpretação destes  dados,  para contribuir no trabalho jornalístico, de pesquisa e também estimular ações práticas contra a desinformação em municípios mineiros em relação á pandemia da Covid-19.

 

 

 

 

► DEIXE ABAIXO SEU COMENTÁRIO ◄