ACE/CDL de Lagoa da Prata negocia flexibilização na cobrança de aluguéis dos pontos comerciais

ACE/CDL de Lagoa da Prata negocia flexibilização na cobrança de aluguéis dos pontos comerciais

Conforme a ACE/CDL, as imobiliárias se mostraram abertas para analisar cada caso.

O comércio está fechado para conter a propagação do coronavírus, e a preocupação que ficou para os empresários foi sobre o pagamento dos aluguéis dos pontos comerciais, que não estão sendo utilizados. Por causa disso, a ACE/CDL de Lagoa da Prata, por meio do departamento jurídico, entrou em contato com as imobiliárias da cidade para tentar uma flexibilização na cobrança dos imóveis, a fim de equilibrar as duas partes nesse momento em que todos enfrentam a crise.

Conforme a ACE/CDL, as imobiliárias se mostraram abertas para analisar caso a caso, portanto, a instituição sugere que os comerciantes entrem em contato para negociação, a fim de que não se tornem inadimplentes.

“Lembramos que o nosso jurídico está acompanhando todas as tramitações de lei e está à disposição de todos os empresários para auxiliá-los no esclarecimentos de dúvidas nesse momento que estamos enfrentando”, informou a advogada responsável pelo setor jurídico da ACE/CDL, Raquel Neves.

Netwise

 

► DEIXE ABAIXO SEU COMENTÁRIO ◄