COMPARTILHAR
Continua depois da publicidade .

O vereador de Divinópolis Rodyson Kristnamurti, suspeito de agredir noiva após traição, se apresentou à Delegacia da Mulher na tarde dessa quarta-feira (19). A informação foi confirmada ao G1 pelo assessor do vereador, Randal Wender. Ele conversou com a delegada Maria Gorete Rios para esclarecer o ocorrido e em seguida foi liberado. Outras informações sobre o depoimento não foram repassados pela assessoria. O G1 tentou contato com o vereador para que ele pudesse comentar o assunto, mas ele não foi encontrado.

Agressão
Segundo depoimento prestado pela noiva do vereador à delegada Maria Gorete Rios, a agressão ocorreu depois que ela o flagrou com outra mulher na manhã dessa segunda-feira (17). O Boletim de Ocorrência foi realizado por volta das 10h20. “Segundo o depoimento, ela encontrou o noivo com outra mulher em uma casa do casal. Ela contou que ficou nervosa e que discutiu com os dois. Nesse momento o suspeito a agrediu causando as lesões corporais”, disse a delegada.

Continua depois da publicidade .

A jovem conversou com a produção do MGTV nessa terça-feira (18) por telefone e disse que está abalada com a situação. Ela declarou que fez o que achava certo, mas que prefere não comentar o caso com a imprensa, por isso ela também teve a identidade preservada.

Manifestação contra vereador
Na reunião dessa terça-feira na Câmara Municipal, moradores de Divinópolis usam cartazes e chicote  para manifestar contra a possível agressão do vereador. Eles gritaram palavras de ordem e, por isso, a segurança no plenário foi reforçada. Durante toda a reunião nenhum parlamentar usou a tribuna para comentar o caso de agressão.

Fonte: g1/centrooeste

Deixe o seu comentário e compartilhe no Whatsapp