COMPARTILHAR
Foto: Jéssica Ribeiro.
Continua depois da publicidade.

A unidade terá capacidade para atender a 250 pacien­tes por dia

O secretário de saúde, Ge­raldo de Almeida, disse ao Jornal Cidade que a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) será inaugurada no dia 20 de fevereiro em Lagoa da Prata. A obra se­rá concluída após 1 e 3 meses de construção. “A estrutura física está em fase final. Os equipa­mentos já estão em processo de licitação e assim que forem sen­do entregues serão incorporados ao prédio da UPA”, afirmou.

Continua depois da publicidade.

A verba para construção con­ta com recursos federais e mu­nicipais. “O governo federal li­berou uma verba de 2,2 milhões de reais para serem investidos na construção e em equipamentos permanentes. O município in­vestirá cerca 1,5 milhão reais na compra de material permanen­te e de consumo”, disse Almeida.

CUSTOS

A prefeitura repassa ao Hospital São Carlos, mensalmente, o va­lor de 290 mil reais para o cus­teio do serviço de pronto atendi­mento médico (medicamentos, materiais de consumo e paga­mento dos plantonistas). Os fun­cionários efetivos são do quadro da Secretaria Municipal de Saú­de e as ambulâncias também são mantidas com recursos do Mu­nicípio, além do repasse feito ao hospital.

A previsão da Secretaria Mu­nicipal de Fazenda é que o cus­teio mensal da UPA ficará em tor­no de 375 mil reais, além dos pagamentos dos profissionais efe­tivos, como técnicos de enfermagem, auxiliares administrativos, motoristas, entre outros.

O Governo Federal destinará 170 mil reais mensais para subsi­diar o custeio da unidade.

Deixe o seu comentário e compartilhe no Whatsapp