COMPARTILHAR
Continua depois da publicidade.

A campanha movimentou mais de 22 escolas municipais, estaduais e particulares. Em 2017, a campanha promete ser ainda mais inovadora, segundo o diretor do Sicoob Crediprata

O Sicoob Crediprata e Sicoob Lagoacred encerraram no dia 3 de dezembro, no salão de festas do Buffet Divina Gula, a campanha “Cidade Limpa”, através do “Dia C”.  Este já é o segundo ano consecutivo que as agências fazem parceria para realizar a campanha de Operação Combate à Dengue com a finalidade de conscientizar as comunidades do município sobre a importância da prevenção e combate de criadouros do mosquito Aedes Aegypti, para extinguir definitivamente os casos de dengue, chikungunya e zika vírus no município. Em 2016, a operação teve a finalidade de conscientizar a população sobre a adoção de bons hábitos para manter a cidade limpa. As ações realizadas pelas escolas contribuíram para que os índices de casos de dengue no município reduzissem em 95% neste.

Continua depois da publicidade.

O evento também contou com uma exibição de um vídeo com os trabalhos realizados pelas escolas e com a entrega das placas de agradecimento.

Para o diretor do Sicoob Crediprata, Antônio Claret, o “Dia C” é de todos, da escola, Secretaria de Educação, imprensa e toda a comunidade. “Tudo nessa vida se baseia em sustentabilidade. Parabenizo a vocês, pois envolvemos os alunos e famílias. O desafio em 2017 é fazer melhor, é inovar. O ponto forte da cooperativa é cuidar do associado e cuidar da comunidade”, afirmou.

Antônio Claret, diretor do Sicoob Crediprata
Antônio Claret, diretor do Sicoob Crediprata

O diretor do Sicoob Lagoacred, Nilson Bessas, elogiou o envolvimento das escolas e da Ascalp. “Vocês fizeram um grande trabalho. Quero destacar o trabalho da Ascalp, que foi fundamental para a campanha. Essas pessoas fizeram a diferença”.

Nilson Bessas, diretor do Sicoob Lagoacred
Nilson Bessas, diretor do Sicoob Lagoacred

De acordo com o vice-diretor da Escola Virgínio Perillo, Marcelino Mota, a iniciativa das cooperativas ao envolver a comunidade escolar é, além de muito importante, muito bonita. “Essa iniciativa já acontece há dois anos. No ano passado, a campanha foi sobre a dengue e agora sobre a cidade limpa, que resulta na diminuição de casos de dengue também. É interessante que em uma cidade de quase 50 mil habitantes a adesão em relação a isso é muito pequena. Eu mesmo era um, que moro perto da Ascalp (Associação dos Catadores de Lagoa da Prata) e não tinha essa consciência ambiental. O Rui, que é uma pessoa incrível, trouxe para nós como funciona a Ascalp. Ele trouxe um número muito preocupante, onde menos de 30% do lixo de Lagoa da Prata é reciclado. Tomara que não fique só na iniciativa e que a população absorva realmente e coloque em prática”.

Marcelino Mota, vice-diretor da Escola Virgínio Perillo
Marcelino Mota, vice-diretor da Escola Virgínio Perillo

Mota também destacou a percepção que os alunos tiveram após fazerem um pesquisa de campo relacionada à campanha. “Nossa escola tem aproximadamente 1.200 alunos, que foram para as ruas fazer pesquisa de campo.  Com essa pesquisa, percebemos que a adesão é realmente muito baixa. Os alunos fizeram entrevistas de casa em casa. Na realidade, a maioria das famílias não sabiam nem diferenciar o que é lixo seco e lixo úmido, reciclado e não reciclado. Hoje, esses alunos, com certeza, fazem a diferença no seu meio de convivência”.

Segundo Rui Batista de Moraes, assessor técnico da ASCALP, participar da campanha foi muito gratificante. “Tive a oportunidade de fazer palestras na maioria das escolas e realmente a atenção e preocupação com essa questão de cidade limpa, não só com a questão da dengue, mas com a coleta seletiva também. Vimos uma preocupação muito grande de jovens e adultos em entender a separação correta do lixo. Muito material reciclável é jogado fora, e hoje em Lagoa da Prata, se joga mais de 10 toneladas. Agora, esperamos que a população se conscientize”, afirmou.

Sicoob Lagoacred e Sicoob Crediprata encerram campanha "Dia C" 2016
Rui Batista de Moraes, assessor técnico da ASCALP

Moraes também enfatizou que o comprometimento do Sicoob Crediprata e Sicoob Lagoacred é de suma importância para o município. “As transformações só são possíveis quando todos fazem parte do processo, ou seja, é juntar a iniciativa privada, a população e o Ministério Público para que as coisas aconteçam. É gratificante para todos essa união. Agradeço às cooperativas, às escolas, à comunidade e à Ascalp, por essa oportunidade”.

 

Deixe o seu comentário e compartilhe no Whatsapp