COMPARTILHAR
Continua depois da publicidade.

Saúde de Lagoa da Prata em destaque

A Casa de Apoio, implantada pela atual Administração Municipal, talvez seja a principal realização na área de saúde feita nos últimos anos. É uma das ações que mais têm sido divulgadas
pelo governo.

Continua depois da publicidade.

Em agosto resolvi conhecer de perto a Casa de Apoio e me surpreendi. Tenho na família pessoas que já passaram muitas dificuldades em Belo Horizonte ao fazerem procedimentos de saúde, que ficavam, com criança no colo, o dia inteiro na Praça Hugo Werneck, debaixo de sol, debaixo de chuva, sem banheiro
e à mercê de “trombadinhas”, esperando a hora que o veículo da prefeitura recolhia os pacientes, ao final do dia. Era um sofrimento. Os peregrinos da saúde passavam por um calvário.

Ao ver de perto o serviço prestado pela Casa de Apoio, fiquei surpreso com a organização e acolhimento oferecido às pessoas: transporte, alimentação, dormitórios, banheiros, televisão, enfim, um pouco de dignidade para as pessoas que já sofrem em busca de uma saúde melhor. Surpresas também
estavam as pessoas que entrevistei na ocasião.

É óbvio que, em se tratando de saúde, há muita coisa a melhorar, como por exemplo, evitar a falta temporária de medicamentos na Farmácia de Minas. Sabemos que isso é um problema burocrático, que, na maioria das vezes, é causado pela ineficiência do Governo Federal e do Governo Estadual, que atrasam a entregam dos medicamentos que são de suas competências. Mas quem sofre são as pessoas que precisam dos remédios, e o Município, que é quem leva a culpa. De uma maneira geral, é perceptível os avanços na saúde de Lagoa da Prata.

INCENTIVO AO PRIMEIRO EMPREGO

De autoria do Vereador Di-Gianne Nunes, o Anteprojeto que cria alternativas no próprio Município para incentivar o primeiro emprego para os jovens veio em um momento oportuno, em que muitos garotos e garotas reclamam da falta de oportunidades por não terem experiência profissional.

A proposta do Vereador será analisada pelo Poder Executivo, e, se estiver dentro da legalidade, certamente será melhorada e colocada em prática. Assim como foi o Bolsa Atleta, que nasceu em um Anteprojeto de autoria do próprio Di-Gianne, e posteriormente recebeu adequações e apoio do Secretário de Esportes, Gilfar Alves, e dos prefeitos Paulinho e Roberto.

Deixe o seu comentário e compartilhe no Whatsapp