COMPARTILHAR
Continua depois da publicidade.

Funcionária pública de carreira desde 2009, Jaqueline Rodrigues Filgueiras fala sobre os trabalhos ambientais realizados em Santo Antônio do Monte

 

A Secretária de Meio Ambiente, Indústria, Comércio e Agricultura de Santo Antônio do Monte, Jaqueline Rodrigues Filgueiras, receberá o prêmio Troféu “Eco Brasil 2014” no 4º Encontro Nacional de Secretários do Meio Ambiente, entre os dias 27 e 30 de Abril no Mabu Thermas Resort, em Foz do Iguaçú, Paraná. Esta honraria é concedida aos homens e mulheres que se destacam na luta pela proteção do meio ambiente, realizando ações de preservação, recuperação, fiscalização e promovendo a qualidade de vida da população e a sustentabilidade das gerações futuras.

Posso dizer que hoje tenho consciência de que assumi um papel histórico na luta em defesa e melhoria do meio ambiente. A minha gestão frente à secretaria buscando sempre resultados que levam à melhoria da qualidade de vida e ao bem estar de todos, é a soma de resultados e comprometimento de toda uma equipe. Portanto agradeço a todos

Continua depois da publicidade.

“Posso dizer que hoje tenho consciência de que assumi um papel histórico na luta em defesa e melhoria do meio ambiente. A minha gestão frente à secretaria buscando sempre resultados que levam à melhoria da qualidade de vida e ao bem estar de todos, é a soma de resultados e comprometimento de toda uma equipe. Portanto agradeço a todos”, declarou  Filgueiras.

 

CRITÉRIOS NA ESCOLHA

Pelo menos seis critérios foram levados em consideração pela organização do Troféu Eco Brasil 2014 para conceder a honraria à secretária Jaqueline Filgueiras: projeto “Coleta Seletiva com inserção dos catadores de materiais recicláveis”; formação e implementação das políticas voltadas à preservação e conservação do meio ambiente, com participação efetiva na elaboração do plano diretor municipal; elaboração do “Plano de Gestão Integrado de Resíduos Sólidos Urbanos”; elaboração do “Plano de Saneamento Básico”, elaboração do projeto que criou o “Fundo Municipal de Defesa e Desenvolvimento Ambiental” e planejamento e fiscalização do uso dos recursos naturais, com cadastramento e registro do uso legal de água no perímetro rural de todo o município de Santo Antônio do Monte. Aproximadamente mil propriedades rurais foram cadastradas e registradas no Instituto Mineiro de Gestão das Águas (IGAM), que irá emitir outorga para o direito de uso de recursos hídricos ou cadastro de uso insignificante. Estes documentos são exigidos hoje pelas instituições financeiras quando os fazendeiros ou pequenos produtores pleiteiam financiamentos e empréstimos.

Projetos

“Estamos elaborando junto com o Jurídico Municipal e Supram as leis que irão regulamentar a proteção, conservação e melhoria no Meio Ambiente. A Secretaria Municipal de Meio Ambiente ficará responsável pelo processo de licenciamento ambiental classe I e classe II. O que irá trazer maior comodidade para o comércio e indústria local, pois não precisará ir a SUPRAM/Divinópolis para estes fins, além, é claro, de aumentar nossa receita com o recebimento das taxas. Estamos também licitando no valor R$ 55.000,00 serviços de limpeza, revitalização, cercamento da lagoa do bairro retiro do lago, com a construção de uma pista de cooper ao entorno de toda lagoa. Os recursos para execução deste projeto também são fruto do meu trabalho. Assim como os recursos financeiros no valor de R$ 35.000,00 para a compra de uma caminhonete para Secretaria de Meio Ambiente. Este veículo irá contribuir com vários serviços prestados pela equipe junto a toda população de nossa cidade”.

Deixe o seu comentário e compartilhe no Whatsapp