COMPARTILHAR
Continua depois da publicidade.

Na tarde de ontem (24/03), a Polícia Militar compareceu à Santa Casa de Samonte onde havia dado entrada uma vítima de 2 tiros e uma facada.
A vítima C.A.R (30 anos), informou que não sabia quem era o autor e que o fato ocorreu nas proximidades da Escola Estadual Nossa Senhora de Fátima, localizada na rua Juca Baeta, no bairro Mãe Chiquinha.

 
Diante das informações, a PM deslocou até o local dos fatos, onde a testemunha R.F.J. (19 anos), informou que estava passando próximo ao local quando viu duas pessoas brigando e uma delas gritava: “Me paga o que me deve!”; neste momento as pessoas pararam de brigar e um terceiro indivíduo chegou em uma motocicleta, dizendo: “Eu vou acabar com você!”, indo em direção a vítima e efetuando os disparos, fugindo em seguida na motocicleta.

Continua depois da publicidade.

 
Foi realizado novo contato com a vítima, o qual informou que o autor seria o irmão de uma mulher, que dias atrás estava presa por envolvimento com o tráfico de drogas, mas que não sabia o nome. A vítima alegou que teria ameaçado esta mulher de morte e por isso o irmão da mesma teria lhe agredido.
Os militares deslocaram até a casa dos suspeitos, localizada na rua Alagoas, bairro Nossa Senhora de Fátima, onde foram recebidos pela sra. M.L.R.M, mãe dos suspeitos: S.M.R (27 anos) e S.R.M (24 anos). A mãe dos suspeitos informou que eles tinham uma motocicleta Yamaha/YBR, de cor prata, sem maiores detalhes da mesma; e que seu filho mais novo era quem havia saído na moto. Ela também passou o número do telefone de seus dois filhos, porém ambos estavam desligados, e alegou não saber onde eles estavam. A vítima foi atendida pelo Dr. Frances, que constatou uma facada nas costas e dois tiros, sendo um no braço direito e um na face, lado direito.
Devido ao estado grave da vítima, o mesmo precisava ser transferido para Belo Horizonte, porém durante o trajeto sofreu uma parada cardíaca, próximo da cidade de Itaúna, onde foi socorrido, não resistindo, e entrando em óbito.
Diante dos fatos, segue rastreamento.

Deixe o seu comentário e compartilhe no Whatsapp