COMPARTILHAR
Continua depois da publicidade.

Na última sexta-feira (18/04) durante patrulhamento pelo bairro Maria Angélica de Castro, local conhecido por ser ponto de venda de drogas, a PM deparou com um veículo VW Voyage, de cor azul, saindo de dentro do citado bairro. Ao perceber que seria abordado, o condutor do veículo fugiu em alta velocidade, pela avenida Ruth Brandão Azeredo, colocando em risco a própria vida e a dos militares, desrespeitando os sinais de parada pedido pelos militares.

Em seguida, o VW Voyage fugiu sentido Centro da cidade, em alta velocidade, onde adentrou na Avenida José Ulisses de Oliveira. Ao tentar realizar o retorno em uma interseção, em frente à churrascaria Frigideira Mineira, o condutor do veículo perdeu o controle e chocou-se contra um poste de energia. Em seguida, o motorista se entregou prontamente e, logo desceu do carro e uma segunda pessoa apareceu, trajando blusa rosa clara, calça jeans e tênis, com um revólver na mão esquerda.

Continua depois da publicidade.

Em ato contínuo, o segundo suspeito saiu correndo ao perceber que seria capturado, o referido autor virou-se para trás e efetuou um disparo com a arma de fogo na direção da PM.

O suspeito adentrou em uma mata bastante densa, sendo perseguido por um soldado a pé. O indivíduo suspeito efetuou mais um disparo com a arma de fogo e, para revidar a agressão realizada por este, o soldado efetuou 5 disparos com a arma de fogo pertencente à PM, porém não foi possível detectar se o autor foi alvejado.

Para resguardar a integridade física dos militares, a perseguição foi cancelada, uma vez que a mata em que o autor se refugiou é bastante densa, onde foi necessário pedir apoio à uma equipe de Lagoa da Prata, que ajudou a realizar as buscas na cidade, porém sem êxito até o momento.

Ao dialogar com o condutor do veículo, este relatou aos militares que se encontrava em uma festa no bairro Maria Angélica de Castro, onde este segundo indivíduo lhe pediu carona até o centro. Em seguida, ao depararem com a viatura policial, o meliante ordenou para que o condutor empreendesse fuga, o forçando a fugir em alta velocidade. Ao realizar a vistoria nos documentos de porte obrigatório, o motorista apresentou apenas o CRLV, onde, após consulta ao sistema informatizado, constatou-se que o mesmo é habilitado.

Diante dos fatos, o veículo foi removido para o pátio do auto socorro Samonte, onde foram lavrados os respectivos boletins de ocorrência.

Em virtude do acidente, o veículo teve a frente toda danificada, quebra dos faróis e para-choque, resultando em danos.

Foi dada voz de prisão ao motorista, sendo que o mesmo foi conduzido ao pronto atendimento médico local, onde o médico constatou apenas um corte próximo ao couro cabeludo. O autor foi entregue à autoridade de polícia judiciária para as providências cabíveis. Ressalta-se que o motorista não quis revelar que era o indivíduo que o acompanhava no interior do veículo.

Deixe o seu comentário e compartilhe no Whatsapp