COMPARTILHAR
Continua depois da publicidade.

A temporada de compras para o Natal e Ano Novo já passou, mas você conseguiu manter seus cartões de débito/crédito seguros no meio de toda essa loucura?

Nos últimos dois anos, empresas de varejo de alto nível foram vítimas de ataques direcionados – ataques esses que miraram em obter informações de pagamento de seus clientes. Um exemplo que vem à mente é o ataque à Target em 2013, onde aproximadamente quarenta milhões de contas de cartão de débito/crédito foram extraídas dos dispositivos do ponto de venda da Target por meio de um ataque de malware. Outros incluem os ataques a Neiman Marcus em 2013 e Walmart Canadá em 2015, somente para citar alguns.

Mesmo que as empresas implementem controles de segurança (por exemplo, criptografia e firewalls), eles nunca poderiam garantir que um recurso está 100% seguro contra a exposição. Se um atacante quiser comprometer um sistema, pode acontecer, dependendo do nível de habilidade, tempo e recursos.

Continua depois da publicidade.

Nossa informação é sensível nas mãos de varejistas que frequentamos, que podem não estar tomando todas as precauções necessárias para protegê-la. Felizmente para nós, existem alternativas seguras que nos permitem fazer transações sem que o varejista nunca receba nossas informações de pagamento. Assim, a questão é: você preferiria que suas informações de cartão de crédito fossem armazenadas no banco de dados de cada loja que comprasse ou dentro da infra-estrutura de um provedor de serviços? A última opção parece muito melhor.

Alternativas Seguras

Como consumidor, existem maneiras de manter suas informações de pagamento mais seguras. Serviços como PayPal e Apple Pay são ótimas opções, que permitem que os compradores sejam proativos na proteção de suas informações de pagamento ao fazer compras.

Faça negociações em sites que possuem um certificado SSL

O SSL (Secure Sockets Layer) usa um sistema de criptografia que utiliza duas chaves para criptografar os dados, uma chave pública conhecida por todos e uma chave privada conhecida apenas pelo destinatário. O SSL é a única e eficaz maneira de obter segurança de dados em comércio eletrônico. Quando um SSL – Certificado Digital está instalado no website, um icone de um cadeado aparece no navegador e o endereço começa com https:// ao invés de http:// informando que os dados serão criptografados.

Se você possuí um site ou um negócio online, encontrará este tipo de serviço em diversas empresas do mercado, tal como a 1&1, por exemplo. Faça a pesquisa de preços, pacotes e feedback de clientes que já utilizaram um serviço similar. Dessa forma sua decisão será muito mais acertada e alinhada com suas necessidades.

Por que um certificado SSL é necessário?

Com a crescente popularidade da internet, mais oportunidades são criadas para os setores comerciais e não-comerciais. A maioria das pessoas não enviarão seus dados confidenciais pela web a menos que saibam que as informações estarão seguras. A melhor maneira de garantir essa segurança e atrair mais consumidores é instalar um certificado SSL para comprovar a identidade do seu site.

Deixe o seu comentário e compartilhe no Whatsapp