COMPARTILHAR
A Câmara possui quatro salas como esta da foto que estão sub-utilizadas. Elas foram instaladas na legislatura de 2005 a 2008 pelo então presidente Narcízio da Cruz para serem utilizadas pelos vereadores.
Continua depois da publicidade.

Avaliada em cerca de R$ 600 mil reais em 2014, quando incluía o conserto do telhado, reforma atual prevê adequações do prédio para deficientes, adequação de salas para os atuais servidores e criação de espaço para os cinco novos contratados que serão nomeados após o concurso público

A reforma da Câmara Municipal de Lagoa da Prata tem gerado
polêmica. São vários os comentários nas redes sociais cobrando dos políticos para que o valor utilizado na reforma seja transferido para investimentos em saúde, educação e até na manutenção da Praia Municipal.

A Câmara possui quatro salas como esta da foto que estão sub-utilizadas. Elas foram instaladas na legislatura de 2005 a 2008 pelo então presidente Narcízio da Cruz para serem utilizadas pelos vereadores.
A Câmara possui quatro salas como esta da foto que estão sub-utilizadas. Elas
foram instaladas na legislatura de 2005 a 2008 pelo então presidente Narcízio da
Cruz para serem utilizadas pelos vereadores.
Continua depois da publicidade.

Em entrevista à radio Veredas FM, a presidente e vereadora Quelli Couto defendeu a necessidade da reforma. “A Câmara tem o orçamento próprio, que esse ano está estipulado em 2,8 milhões de reais. A reforma já vem desde 2014, quando o presidente Cabo Nunes iniciou o processo. A maioria dos vereadores se posicionou favorável à reforma. Hoje a reforma tem que ser feita. Temos várias questões no prédio que temos que olhar. Uma delas é melhorar a questão da acessibilidade, principalmente nos eventos que são realizados lá. Tem a questão hidráulica, elétrica, vamos ter que ampliar as salas porque este ano vamos realizar um concurso e contratar mais 5 pessoas, que se tornarão servidores da Câmara. Hoje não temos condições de receber essas pessoas. O projeto de 2014 não previa a chegada dessas novas cinco pessoas. Toda mudança gera desconforto”, argumentou Couto.

Além do custo da obra, outro questionamento tem sido feito por parte de alunos e pais de alunos, pois a presidente pediu a desocupação temporária da Biblioteca Pública Coronel José Vital, que está instalada no prédio da Câmara desde 1981 e atende,
principalmente, os alunos da Escola Municipal Dr. Jacinto Campos. “Estamos no início do ano letivo. Hoje temos mais de 25 mil livros e mesmo nesse curto espaço de tempo não iremos conseguir desencaixotar e organizar tudo novamente. Muitas crianças estão
sendo prejudicadas, inclusive alunos da Escola Municipal Jacinto Campos, que não possui biblioteca própria”, lamentou o secretário Ricardo Costa.

Reforma da Câmara provoca protestos na internet

Gislene Fontes

“Se aplicassem essa verba na segurança e em iluminação pública nos bairros da entrada da cidade e limpassem esses matagais seria muito mais bem aplicado. Exigem demais e fazem de menos”. – Gislene Fontes – Comerciante

 

 

 

 

Luciano Lopes“Deveriam investir na cidade, principalmente na Praia Municipal, que é o cartão postal do município. Deveriam fazer ela voltar a ser como era antes, construindo os quiosques, o parquinho e outras coisas mais”. – Luciano Lopes –  Atendente

 

 

 

 

Carla Santos

“Saúde, educação e segurança em primeiro lugar, e não a reforma”.

Carla Santos – recepcionista

 

 

 

 

Kelly Morais” Já precisou das ambulâncias de Lagoa da Prata? Entre em uma e olhe a sujeira e falta de manutenção. Na farmacinha tem remédios que faltam a mais de três meses e quem precisa não tem condições de comprar. Governantes, vocês dizem que vão fazer e acontecer pelo povo, mas acho que invés da reforma vocês deveriam distribuir dinheiro em saúde para a população de uma forma mais justa. Apenas não acho o momento certo. Vamos fazer uma votação e ver o que a população mais precisa. Não se preocupem com o que vocês querem e sim o que precisamos. Algumas pessoas preferem ver as coisas bonitinhas do que salvar vidas”.

Kelly Morais – dona de casa.

Deixe o seu comentário e compartilhe no Whatsapp