COMPARTILHAR
Continua depois da publicidade.

Veja quanto recebem os vereadores em outros países

A redução dos salários dos vereadores é um assunto que vem incomodando os vereadores em várias cidades do Brasil. A Câmara Municipal de Santo Antônio da Platina, no norte do Paraná, aprovou no dia 15 de agosto a redução salarial do prefeito, do vice-prefeito e dos vereadores. Os novos valores passam a valer a partir de janeiro de 2017. Os vereadores terão os vencimentos fixados em 970 reais. A cidade de 40 mil habitantes possui nove vereadores.

Continua depois da publicidade.

Em Curitiba, capital paranaense, um estudante de direito está coletando assinaturas para apresentar um projeto de lei de iniciativa popular reduzindo os salários dos vereadores de R$ 15.156,70 para R$ 1,5 mil ao mês. Em Mauá da Serra, também no estado do Paraná, pressionados pela população os vereadores aprovaram a redução dos salários de R$ 3 mil para R$ 820.

Movimentos populares pedindo a redução dos vencimentos dos vereadores estão ganhando força no Brasil com o recente descrédito da classe política. Na internet, é possível verificar dezenas de cidades que estão aumentando o cerco em relação aos ganhos dos legisladores. Em Piumhi, no centro-oeste de Minas, o presidente da Câmara, vereador Wilde Wéllis de Oliveira propõe extinguir totalmente os recebimentos dos parlamentares.

Quanto recebe o vereador em outros países?

Cidade do México – R$ 0
O cargo de vereador é honorário e não existe nenhum tipo de contribuição. Existem pouco mais de 1,8 mil comitês de bairros, organizados em torno de 9 vereadores e nomeados para servir durante 3 anos.

Nova York – R$ 16 mil
Enquanto um assalariado médio americano ganha R$ 3,9 mil por mês, um vereador nova-iorquino recebe R$ 16 mil, ou seja, 4 vezes mais. A Câmara é composta por 51 membros e o cargo não exige dedicação exclusiva.

Estocolmo – R$ 350
Na capital da Suécia, o salário de um vereador é apenas uma ajuda de custo. Se ele fizer parte de um comitê, pode subir para R$ 790. O valor representa apenas 10% da renda de um assalariado médio sueco, que ganha R$ 7,5 mil mensais.

Paris – R$ 3,5 mil a R$ 6 mil
O salário na capital francesa varia muito porque depende do tamanho da área da cidade em que o vereador atua. Mesmo oscilando, o valor é próximo do salário médio de um francês, que ganha R$ 5 mil mensais.

Toronto – R$ 4,3 mil
Enquanto o salário médio de um canadense é R$ 5,2 mil por mês, um vereador de Toronto, a maior cidade do país, ganha R$ 4,3 mil. A lei não determina uma carga horária a cumprir, mas a função exige dedicação exclusiva.

Fonte: Revista Super Interessante

 

A REDUÇÃO DOS SALÁRIOS EM LARGA ESCALA

O Brasil possui 68.544 vereadores. Considerando que eles recebam, em média, 7.000 reais de salário, eles custam aos cofres públicos 23 bilhões de reais durante os 4 anos.

Em Lagoa da Prata, a proposta é reduzir em 74% o salário dos vereadores, o que pode gerar 1 milhão e 200 mil reais de economia em quatro anos.

Se a redução fosse feita em todos os municípios, na ordem de 74%, sobrariam 17 bilhões de reais aos cofres públicos que poderiam ser destinados a obras e serviços à população.

Deixe o seu comentário e compartilhe no Whatsapp