COMPARTILHAR
Imagem: Google Maps
Continua depois da publicidade.

O pai da vítima, residente na cidade de Luz/MG, recebeu uma ligação telefônica, na qual o interlocutor alegava que estava com seu filho e exigia R$2.000

Às 18h de ontem (14), a Polícia Militar compareceu na UPA, onde um jovem relatou que chegou na cidade por volta de 00h10 e fez contato com um menor infrator de 16 anos, de quem adquiriu cinco pinos de cocaína pela quantia de R$125. Em seguida, o rapaz consumiu a droga no interior de seu veículo Fiat Strada, cor vermelha, placa de Luz.

Por volta das 5 horas, o adolescente e mais dois indivíduos levaram o rapaz para o Bairro Sol Nascente, agrediram-no e exigiram dinheiro e o carro. Os infratores amarraram a vítima e o um dos indivíduos fugiu do local na camionete Fiat Strada.

Continua depois da publicidade.

Às 14h, o pai da vítima, residente na cidade de Luz/MG, recebeu uma ligação telefônica, na qual o interlocutor alegava que estava com seu filho e exigia R$2.000, caso contrário, o mataria. Então, os pais do rapaz deslocaram-se até Lagoa da Prata/MG, de posse do dinheiro, e entraram em contato com o nº de telefone. Na ligação, o interlocutor marcou um encontro no trevo principal da cidade para a entrega do dinheiro.

No local, as vítimas foram abordadas por um jovem que recolheu o dinheiro, informou que o rapaz seria liberado no trevo secundário e fugiu em uma bicicleta sentido ao bairro Chico Miranda. Como informado pelo infrator, a família localizou a vítima e, devido seu estado físico e presença de lesões, conduziu-o à UPA.

De posse das informações, os militares foram à casa de um dos autores, que estaria de posse da camionete, onde foi preso. Em seguida foi feito contato na casa onde a vítima foi agredida, contudo não havia ninguém no local. Em continuidade ao rastreamento, foram abordados três adolescentes, dois de 16 anos e um de 17 anos, e um rapaz de 18 anos. A vítima reconheceu dois dos abordados. Ainda durante as diligências, a polícia recebeu a denúncia de que outro indivíduo de 23 anos estacionou a camionete da vítima na rua Farid Handan e saiu correndo, deixando as janelas abertas e a chave na ignição. Os suspeitos foram presos e conduzidos à Delegacia de Polícia.

Deixe o seu comentário e compartilhe no Whatsapp